Juliana Leal tem 24 anos, é formada em publicidade e mora em Portugal. Ela é leitora do Testosterona há 4 anos!

“Até mês passado eu trabalhava de bartender em uma boate daqui da minha cidade, só que conciliar com as aulas ficou complicado, por mudar a rotina nos finais de semana. Agora trabalho num restaurante e to tentando uma carreira de streamer

Sou a pessoa mais transparente e sincera que alguém vai conhecer

No geral eu sou muito sociável, mas nem sempre, eu gosto de dar uma pausa nas pessoas e viver meu mundinho, se deixar eu fico jogando Counter Strike 24 horas num dia.

Você gosta de esportes?

Eu amo esportes, desde pequena é uma paixão. Mas desde que cheguei em Portugal não encontrei um grupo pra juntar. Todas as quartas de noite no Brasil eu jogava futebol com um grupo de amigas e depois umas brejinhas, saudades, risos!

Que tipos de filme você mais gosta?

Eu amo filme de terror, mas acho que não tenho nenhum filme favorito. Pra ser bem sincera.

Gosta de séries? Quais as suas preferidas?

Eu to numa fase que não sei nem o que se passa na Netflix mas adorei Breaking Bad, Arrow, Black Mirror, Orange Is The new Black, How I Met Your Mother, Friends, The Good Place, Sabrina, entre outras…

Qual seu estilo musical você mais ouve?

Eu escuto de tudo, mas rockzinho tem um lugar no meu coração. Tive uma banda cover de Guns n’ Roses quando tinha uns 16 anos, só de meninas. Era engraçado! Amo Oasis, Pink Floyd e Nirvana.

Acompanha o Testosterona desde quando?

Eu acompanho o Testosterona acho que tem uns 4 anos já. Gosto das curiosidades de sexo, sempre bom ter onde ler e aprender algumas coisinhas.

Quem são as pessoas que te inspiram?

Meus pais, porque meu pai teve tudo na vida e não seguiu um caminho errado, pelo contrário, é uma das pessoas mais esforçadas que conheço. E minha mãe, que é o oposto, nunca teve nada, já teve que viver de arroz e tomate, e virou uma mulher incrível.

Deixe um recado pros nossos leitores

Parem de julgar mulheres que falam de sexo abertamente, só vocês que perdem com isso, risos!

Com vocês, Juliana Leal



Leia também