Alessandra Rodrigues é o combo perfeito: colorida, linda e cheia de tatuagens! Confira tudo isso no ensaio clicado por Doce Suicide

Alessandra Rodrigues

Aos 25 anos, Alessandra Rodrigues trabalha como empresária no ramo de bicinhos de estimação há dois anos. Quando não está no trabalho ou posando como modelo, a gata gosta de assistir séries (iZombie, Supernatural, Eu a Patroa e as Crianças e Todo Mundo Odeia o Chris são seus favoritos) e deixar um som rolando.

Alessandra Rodrigues

Sonho realizado

Ale sempre admirou o trabalho de outras modelos alternativas e sonhava em um dia se tornar Suicide Girl. Não é que esse dia chegou? Suas maiores inspirações profissionais são: Doce, Jacqueline e Arwen Suicide. Fotografa por uma de suas musas inspiradoras, claro que ela curtiu muito os cliques: “Não tem como não se sentir à vontade sendo fotografada pela Doce”.

Alessandra Rodrigues

Se soltando

Com mais de 3 mil seguidores em sua conta oficial do Instagram, Alessandra Rodrigues ainda tenta deixar a timidez de lado para se abrir com seus admiradores. “Converso com bastante gente, mesmo sendo tímida, gosto bastante dessa proximidade com eles, são bem amorzinhos”, conta a modelo. O que ela mais recebe de mensagem por lá? “Se eu vendo fotos ou vídeos [risos]”, comenta.

Alessandra Rodrigues

Completa

Não, Alessandra Rodrigues não está solteira. A gata é casada há cinco anos e, olha, pela forma como ela fala dá pra ver que é muito feliz ao lado de seu parceiro. “Meu marido tem todas as qualidades das quais eu queria em alguém”, diz. Parabéns ao casal!

Siga Alessandra Rodrigues no Instagram

Experiência que faz diferença

A fotógrafa Doce vem se dedicando somente a ensaios sensuais desde 2017 e de vez em quando também é a modelo. “Eu diria que sou um combo! [risos] Aplico a experiencia que obtive nesse tempo trabalhando como modelo e ajudo as meninas que querem entrar nesse mercado. Então faço toda parte de recrutamento, fotografia e mentoria”, diz.

Sua missão desafio na hora de fazer as fotos? “Mudar a visão que as mulheres têm sobre si mesmas. Por conta de experiencias negativas que tiveram no passado, muitas acabam se deixando de lado e se reprimindo. Minha missão é fazer com que elas se enxerguem como são, se amem e se valorizem por isso”. Demais, né?

Confira outro ensaio clicado por Doce aqui.

Siga Doce no Instagram



Compartilhe
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter