De vez em quando a gente merece um presente, né? E hoje vamos te presentear com essas lindas fotos da suicide girl  hopeful Danny Miquita tiradas pela Thiemi Okawara.

 

A paulistana Danielle Fernandes, conhecida como Danny Miquita, chegou chegando! Com seus 25 anos, a gata trabalha em um universidade há mais de 3 anos, mas vai te impressionar mesmo com essas fotos clicadas pela fotógrafa Thiemi Okawara, já conhecida aqui no blog.

Danny adora cozinhar e tem seus sonhos bem claros: “Sonho em me formar em gastronomia e viajar, para conhecer culturas diferentes”, diz a modelo alternativa.

Começo de tudo

Para nossa alegria, um amigo foi o primeiro incentivador para que Danny começasse a fazer ensaios sensuais. Mas com certeza, agora a fila de incentivos está bem maior.

“Comecei a fazer ensaios sensuais por incentivos de amigos, principalmente por um amigo fotógrafo especializado em ensaios sensuais. Foi ele quem fez meu primeiro ensaio”.

 

Lado de lá

Infelizmente nem tudo é tão legal quanto o resultado das fotos da Danny. Ela nos contou que já sofreu muito preconceito por fazer ensaios com a pegada mais sexy e deu até um conselho para alguns caras que admiram seu trabalho, mas passam – e muito! – do ponto: “Já sofri muito preconceito, principalmente assédio. Tem gente que acha que as fotos sensuais dão o direito de falarem o que querem. Mas não penso duas vezes: coloco a pessoa no seu devido lugar e muitas vezes ignoro”, conta.

 

Solteira e feliz

Danny Miquita está solteiríssima e muito feliz. “No momento não procuro um relacionamento, estou na fase de me divertir e aproveitar“, diz. Mas dá uma dica para quem quer entrar na fila de pretendentes: “Não gosto de me prender, de cobranças e obrigações. Se fosse para me relacionar, procuraria alguém desprendido assim como eu”.

Siga Danielle Fernandes no Instagram

Experiência que dá resultado

A fotógrafa Thiemi Okawara já é bem conhecida aqui no blog. Além de fotografar as meninas, ela também já foi modelo de alguns cliques. “Há 5 anos eu comecei fotografando algumas amigas mas era muito difícil, ainda tinha muito tabu em relação a nudez e ensaios sensuais. Então comecei a fazer autorretratos pra entender como era essa exposição”, diz.

O que começou como um hobby hoje em dia é trabalho: “Hoje estou com o projeto Nuances começou a engatar também, eu não precisava mais chamar modelos, elas me procuravam. Começou como hobby, hoje é um trabalho também que dedico 50% do meu tempo, pois também gosto de trabalhar como designer, que é e sempre foi minha profissão”.

Siga Thiemi Okawara no Instagram

Leia também