Este ensaio selvagem da suicide girl Gleise Maciel, clicado pelo fotógrafo Caio Ablas, vai tirar seu fôlego. Vem conferir!

Gleise Maciel Testosterona Girls
Gleise Maciel / Testosterona Girls

A cam e suicide girl Gleise Maciel nasceu em Campinas e como ela mesmo se intitula é uma ‘empresária do prazer’. O que ela mais curte fazer? “Gosto de trabalhar, sou viciada em trabalho, mas também gosto de ir à academia, jogar videogame e ver filmes”, conta. Seus diretores favoritos são: Tarantino, Alfred Hitchcock e Stanley Kubrick.

Gleise Maciel Testosterona Girls

No seu espaço

Gleise se considera uma exibicionista e por isso ama o que faz. “Sempre gostei de fazer fotos sensuais e nunca tive problemas em fazer fotos nuas. Confesso que no camming me encontrei, gosto de realizar fantasias e ser uma fantasia”. A gata ainda manda a real: “Sou muito mais bem tratada pelos admiradores do meu trabalho do que por caras que peguei na balada”, conta.

Gleise Maciel Testosterona Girls

Sem dar bola

“O maior preconceito que tive de combater foi comigo mesma, depois que aceitei meu trabalho tudo fluiu melhor”, diz Gleise quando a perguntamos sobre os preconceitos que passou pelo seu trabalho. Mas e quanto as outras pessoas? “Estou nem aí … vejo meu trabalho como um filtro contra pessoas retrógradas”. Está certíssima!

Gleise Maciel Testosterona Girls

Bora comer lanches?

Acreditem se quiser, esta beldade está solteira. “Quero alguém pra comer lanches [risos], eu procuro não ter expectativas pois expectativas geram frustrações e ressentimentos”, conta. Algum canditado? o/

Siga Gleise Maciel no Instagram

Gleise Maciel Testosterona Girls

Experiências trocadas

O fotógrafo Caio Ablas, de 30 anos, começou a clicar ensaios sensuais desde 2016 e não parou mais. Com um projeto intitulado ‘Moonderful’, Caio sabe bem quais são os maiores desafios das fotos sensuais: “Crescer culturalmente, conhecer pessoas e ideias diferentes.

Se ele curtiu o ensaio assim como nós? “Foi muito legal, a gente contou muito um com a experiência do outro, pois fizemos as fotos em condições difíceis. No dia estava muito calor, e ficamos durante algumas horas tomando sol na cabeça e sem água pra tomar, isso foi f*da”.

Siga Caio Ablas no Instagram