A linda Mia Cherry vai deixar você hipnotizado nesses cliques do fotógrafo Alemão.

Mia Cherry

Mia Cherry, 28 anos, nasceu em São Paulo e trabalha como camgirl há cinco anos. Spoiler: ela é daquele tipo de mulher que deixa qualquer um apaixonado.

Mesmo sendo do tipo caseira ela sabe bem se divertir: “Curto uma cervejinha, ficar em casa e assistir algo bacana. Até costumo sair, mas pra bar ou casa de amigos”, conta.

Uma de suas paixões? O desenho: “Algo que tenho me dedicado muito atualmente, quando não estou fazendo um strip virtual ou tirando fotos, é desenho”.

Mia Cherry

Paixão logo de cara

Mia sempre teve amigos fotógrafos e isso aumentou ainda mais sua paixão pelos cliques, principalmente os sensuais. “Sempre curtir ser clicada, porém esse meu lado sensual mesmo começou a aflorar quando decidi largar meus outros empregos convencionais e decidi fazer cam”, diz a modelo.

A partir daí sua vida mudou e começou a fazer ensaios fotográficos com mais frequência, até que virou Suicide Girl.  

Claro que ela adorou fazer as fotos aqui para o Blog e já quer mais: “A melhor parte foi beber e fotografar ao mesmo tempo, coisa que eu adoro fazer!”.

Mia Cherry

Sonhos e vontades

A camgirl tem um único sonho: “Fazer algo que eu goste e conseguir pagar minhas contas sendo feliz”. E quem não concorda com ela? Mas quando o assunto é o que ela sonha em fazer na cama, a resposta e certa. “Tenho muita vontade de fazer algum roleplay… Quem sabe num universo estilo Star Wars, ia ser algo bem legal!”, conta. Algum condidato?

Mia Cherry

Fórmula secreta

Mia está solteiríssima e não dúvidas na hora de escolher um parceiro. A gata que curte rock clássico e adoro cinema, já risca da lista homens que não curtam o mesmo gosto musical dela.

“Acho brochante meninos que escutam coisas como sertanejo universitário ou funk. Também curto caras altos, pra poder usar meus saltos de boa, e alguém que seja bem-humorado e divertido”.

Figura conhecida

José Castanheira Netto, conhecido também como Alemão, tem 27 anos e começou a fotografar ensaios sensuais há mais ou menos um ano e meio. Vocês já devem saber disso porque não é a primeira vez que os cliques do fotógrafo aparecem por aqui.

A mistura de hobby com trabalho exige desafios: “Maior desafio sempre que eu acho é deixar a modelo a vontade pra realizar o ensaio e extrair o máximo do potencial dela”, conta.

“Fotografar a Mia foi muito bom. Já conhecia ela fazia um tempo, mas nunca tivemos oportunidade de realizar um set juntos. Ela é um amor e fluiu tudo muito bem. Já ansioso pra fotografar novamente essa musa!”

Ficou curioso? Dá uma olhada no Instagram dele, clicando aqui.