A suicide girl Pâmela Witch se soltou nos cliques feitos pela fotógrafa Thiemi Okawara e se prepare para se apaixonar.

Pâmela Witch

Que mulheres lindas tatuadas são sempre muito bem-vindas aqui no blog, não é novidade para ninguém. Mas Pâmela Witch chegou com tudo.

Morando atualmente em Curitiba, a morena nasceu em Blumenau, cidade que fez questão de dizer que tem a segunda maior festa e cerveja do mundo, e aos 24 anos trabalha como piercer e modelo alternativa independente.

Pensando no futuro

A modelo tem seus amores bem definidos e além das tatuagens adora assistir séries e animes: “Essas paixões até me renderam algumas tatuagens em homenagem aos meus personagens favoritos”, conta. Mas quando o assunto é trabalho, Pâmela muda o tom e assume uma postura mais séria e diz em alto bom tom que é muito exigente com si mesma.

“Sou muito perfeccionista, organizada, disciplinada e exigente. Meu maior sonho é ser uma mulher de sucesso em tudo que faço, pois me cobro muito, sei onde quero chegar e que só depende de mim. E claro ficar rica, [risos].”

No tempo certo

Pâmela, como muitas mulheres, infelizmente sempre teve problemas com sua autoestima.

O sonho, lá no fundo, de se tornar modelo foi aos poucos desaparecendo quando em seu primeiro trabalho fotográfico ouviu do próprio fotógrafo que era gorda e que ele teria muito trabalho em editar as fotos dela.

“No começo do ano passado estava olhando o Instagram e vi um post onde dizia que a Thi, a mesma fotografa que fez esse ensaio maravilhoso para o Blog, viria para Curitiba e que também estava fazendo ensaios para o Suicide Girls, o qual sempre quis fazer parte, mas que pela insegurança com meu corpo ainda não havia enviado nenhum set”, diz a modelo.

E foi nesse momento que a gata descobriu o mundo dos ensaios sensuais. Hoje Pâmela se sente a vontade e linda do jeito que é. Ta certíssima, Witch!

O lado de lá

Feliz com sua profissão e cada dia mais empolgada com os ensaios, Pâmela sente na pele o preconceito pelo que faz. “Já sofri e ainda sofro muito preconceito, principalmente por parte da minha família que nem considera o que eu faço como profissão, tanto modelo como piercer”, conta.

Mas ela não abaixa a cabeçaa, não: “Quando eu estou sendo fotografada, me sinto tão leve e livre que os julgamentos não me afetam e o que importa para mim é a opinião do meu marido que me ajuda muito em tudo o que faço, me incentiva e sempre diz que quer me ver feliz”, diz a modelo.

Boa, Pâmela, concordamos com você!

Resultado aprovado

Que nós adoramos o resultado das fotos, não há duvidas. Mas podemos dizer que não fomos os únicos: “Eu amei o resultado das fotos, no dia estava uma manhã linda de sol e a locação era maravilhosa. Me senti super relaxada porque o ensaio para o Blog não é preciso seguir muitas regras e pudi ser eu mesma”, conta a catarinense. E dá pra ver isso mesmo nos cliques, né? 100% de aprovação.

 

Siga Pâmela Witch no Instagram

De volta

Adivinhem quem voltou aqui no blog? Ela mesma, a fotógrafa, modelo e designer Thiemi Okawara. Com o projeto Nuases, a fotógrafa trabalha de um os ensaios sensuais com mulheres lindas. O principal objetivo dela? Trazer o amor próprio para a mulherada.

“O que começou como hobby, hoje é um trabalho que dedico 50% do meu tempo, pois também gosto de trabalhar como designer, que é e sempre foi minha profissão”, conta.

Siga Thiemi Okawara no Instagram 



Leia também