Pixie promete se tornar sua próxima paixão. Não acredita? Então veja estes cliques belíssimos dela feitos pela fotógrafa Lorenna Kogawa.

Pixie

Aos 21 anos, Pixie trabalha como modelo, camgirl, além de escritora e editora de vídeos. Muita coisa, né? E não é à toa que ela sabe aproveitar o tempo livre para descansar. “Parece que já nasci exausta, sempre que tenho tempo sobrando, eu durmo. Mas além disso também pego para desenhar, gosto muito de fazer pontilhismo. Eu sei costurar, sei fazer tear… Eu tenho um monte de hobbies curiosos”, conta a moça.

Pixie

Lado fetichista

Começando a explorar seu lado sensual, sem não saber muito o motivo, Pixie sempre curtiu tirar fotos exibindo um pouquinho a mais e junto com o camming acabou descobrindo seu lado fetichista. Se ela curtiu o ensaio? “Eu amo a Lorenna, ela é minha melhor amiga. A melhor parte foi o fato de que não precisei ficar me preocupando em ser sexy o tempo todo, porque nós rimos bastante e isso me relaxou”.

Pixie

Dica quente

Namorando há um bom tempo com um “cara incrível”, como ela mesma intitula, Pixie é totalmente apaixonada pelo parceiro. E ela contou quais são as características ideias em um par romântico: “Cheiroso; que durma do lado da parede (porque eu não gosto, prefiro a ponta) e que participe das minhas esquisitices”. Ah, quase íamos esquecendo da melhor de todas: não precisa ser homem. Fica a dica!

Pixie

Pixie de verdade

Com mais de 25 mil seguidores em sua conta oficial do Instagram, a modelo não é do tipo que finge ter a “vida perfeita” para os fãs. “Sempre deixei muito claro pros meus seguidores quando tô bem, quando não tô legal. Apareço sem maquiagem o tempo todo, faço muita careta, não tenho medo de parecer “feia” ou sei lá”, diz. Como ela mesmo comenta, todos que a seguem sabem que ela é muito sincera.

Pixie

Papo de amigas

Com 22 anos, Lorenna Kogawa está fotografando ensaios sensuais oficialmente há um ano e tem feito isso por hobby, já que é jornalista por formação. O maior desafio de tudo isso? “Deixar o cliente confortável para se mostrar sensual de forma natural, sem forçar. Quando isso acontece, fica fácil acertar os ângulos que vão deixar o cliente feliz no final do processo”, comenta a fotógrafa. Nesse ensaio específico, tudo isso se tornou mais fácil já que as duas são melhores amigas: “Confiei muito na modelo, ela é minha melhor amiga, né? Então foi fácil pegar o embalo ao longo do ensaio, no final foi uma tarde gostosa [risos] entre amigos”.