A modelo Rafa Petiz tem tatuagens, cabelo rosa e muita atitude. Ela mostrou tudo isso e mais um pouco nos cliques da fotógrafa Ingrid Francis Letelier.

Rafa Petiz

 

Rafa Petiz tem tudo o que mais gostamos. Com muita atitude, tatuagens, cabelo diferente e um corpão ela se soltou nos cliques para o blog. A modelo tem 21 anos e nasceu em Canoas, no Rio Grande do Sul. A gaúcha começou a tirar fotos há uns três anos para se autoconhecer melhor e por consequência deciciu ir para o lado mais sensual. O que iniciou dessa maneira hoje é trabalho, ao lado de seu recente negócio: um brechó.

 

Nem tudo são flores

Cada dia mais apaixonada pelo que faz, Rafa sonha em brilhar ainda mais no lado profissional. Mas infelizmente já passou por momentos chatos por exibir seu lado mais sensual em ensaios fotográficos.

Já sofri e ainda sofro preconceito sim, difícil uma menina que diga que não. Essa área vem carregada de machistas e gente que desvaloriza o trabalho e a mulher . Mas sigo firme no que vim buscar.

 

Companheirismo

Se ela está comprometida? Sim. A modelo nos contou o que mais preza em um relacionamento e ainda fez uma afirmação que mostra toda sua personalidade forte: “Estou em um relacionamento sério há cinco anos já e acredito que o segredo seja respeito e companheirismo. Amor não sustenta uma vida a dois sozinho”.

Siga Rafa Petiz no Instagram

Pupila

Ingrid Francis Letelier tem 26 anos e começou a fotografar ensaios sensuais desde seu primeiro trabalho em um estúdio fotográfico em 2010. “O maior desafio da fotografia sensual é deixar a modelo se sentir mais a vontade, mas nada que uma boa conversa antes do ensaio começar não ajude! Procuro sempre escolher um lugar mais acolhedor para ela ficar mais a vontade, como a sua própria casa por exemplo”, diz a gaúcha.

Siga Ingrid no Instagram

Ingrid participou do workshop feito pela fotógrafa conhecida do blog Kesha Lee e teve a oportunidade de fazer os cliques de Rafa: “Desde que conheci o trabalho de modelos do site suicide girls sempre quis fotografar meninas nesse estilo mais alternativo,  foi uma ótima experiência que o workshop da Kesha me proporcionou!”.