Diartemis não mede esforços para te fazer babar. Quer ver? Confira estes cliques feitos pelo fotógrafo Pawel Loj.

Aos 22 anos, a curitibana Diartemis está com tudo. Trabalhando como camgirl há dois anos, ela gosta de aproveitar o tempo livre da melhor forma: “Gosto de ir para academia, em especial para as aulas de pilates, de ler alguns livros de fantasia e também amo ir a bares e pubs com os amigos”.

Fetiche

“Sempre adorei me exibir, era um fetiche”. Foi assim que Diartemis nos respondeu quando perguntamos como ela iniciou a carreira no mundo dos ensaios sensuais. Ela ainda completou: “Comecei como camgirl e quando comecei a fazer fotos sensuais me apaixonei, hoje faço fotos também para o Suicide Girls”. Sorte a nossa que você encontrou essa paixão!

Receita perfeita

Solteira e apaixonada por exibicionismo em público – ela nos revelou esse fetiche! -, Diartemis está solteiríssima. Para ela, estas três qualidades são essenciais em um parceiro para iniciar um relacionamento: “ser sincero, engraçado e que respeite minha liberdade”, como comenta a gata. Algum candidato? o/o/o/

Mais que amigos

Com mas de 5 mil seguidores em sua conta oficial do Instagram, Diartemis sabe muito bem como encantar seus fãs e admiradores. “Temos uma ótima relação, sempre fui bem tratada e tratei todos bem”, diz. O que ela mais recebe por lá? “Emojis [risos] também recebo perguntando sobre meu trabalho”.

Experiência que faz a diferença

O fotógrafo Pawel Loj, 53 anos, é pura experiência. Trabalhando com fotografia sensual há mais de seis anos, ele considera esse seu trabalho principal e coloca todas as suas energias nisso. Se ele curtiu fazer o ensaio? “Adorei! A Diartemis é supertranquila e super profissional”, conta.

Mais mulheres no Testosterona

CONTEÚDO ORIGINAL TESTOSTERONA