MeuPatrocinio
Uma a nova rede social de relacionamento que vem gerando discussões na internet. É a Meu Patrocínio, o motivo da repercussão é porque, diferente de outros como  Match.com e o Ashley Madison, o site lançado há dois meses no Brasil tem um objetivo bem específico: conectar “homens de sucesso em busca de uma parceira a mulheres ambiciosas em busca de sucesso”, como a própria rede define.

A proposta, comum em alguns países, parece inusitada para o público brasileiro, que ainda trata o assunto como grande tabu. Por outro lado, o site faz questão garantir que a prostituição é estritamente proibida e que não tolera qualquer tipo de infração de seus termos de uso.

 De acordo com a CEO e fundadora, Jennifer Lobo, sua inspiração em criar o site veio da falta de transparência que ela enxergava nos namoros convencionais nos namoros convencionais. “Meu Patrocínio une verdadeiros cavalheiros com mulheres atraentes e ambiciosas”, diz Lobo. “Simplesmente facilitamos relacionamentos de benefício mútuo, não transações. Nosso objetivo é dar a todos os membros a habilidade de se apaixonarem e ao mesmo tempo alcançarem suas metas.” A assinatura no Meu Patrocínio consiste em dois tipos de usuários: O “Sugar Daddy” e a “Sugar Baby”.

O Sugar Daddy é definido como “um homem bem-sucedido, normalmente entre 30 e 60 anos de idade, que busca mulheres atraentes, focadas nos seus objetivos”. A Sugar Baby, por outro lado, consiste em “uma jovem estudante ou jovem profissional, procurando um verdadeiro cavalheiro, com valores tradicionais, neste mundo moderno.” O site já conta com mais de 12.000 membros desde que inaugurou em novembro e tem 4 vezes mais mulheres do que homens.

Fonte: IDG Now!