A americana Susan Warren, de 53 anos, foi condenada na última segunda-feira a 20 horas de serviço comunitário e um ano de liberdade condicional após invadir e fazer faxina em uma casa na cidade de Westlake, no estado de Ohio (EUA).

O incidente ocorreu em maio. Na época, ela entrou na casa de Sherry Bush, lavou a louça, tirou o lixo e passou o aspirador. Em seguida, ela deixou um bilhete com uma cobrança de US$ 75 pela limpeza, além de seu número de telefone.

Fonte: G1