mulheres-sauditas-protesto-20110617-size-598
A polícia da Arábia Saudita multou nesta semana seis homens que permitiram que mulheres sob sua tutela dirigissem carros – o que viola as leis do país. A informação foi divulgada nesta quarta-feira pelo jornal Al Sharq. A Árabia Saudia é o único país do mundo que proíbe as mulheres de conduzirem veículos.

Segundo o Al Sharq, que citou como fonte um porta-voz da polícia, Mansur al Shagra, a maior parte das “infrações” foi registrada em praias e áreas desabitadas. Os homens multados terão que pagar 900 rials sauditas (aproximadamente 500 reais).

As multas foram impostas justamente quando um grupo de ativistas sauditas iniciou nesta semana uma campanha na internet para exigir que as mulheres do país possam dirigir. O grupo vem convocando mulheres para saírem às ruas com seus carros no dia 26 de outubro, como forma de desafiar a proibição, baseada numa “fatwa” (decreto religioso) emitida por uma autoridade do país nos anos 1990.

Segundo reportagem do jornal britânico The Daily Telegraph, integrantes da Majlis al-Ifta’ al-A’ala, o mais alto conselho religioso do país, afirmaram em 2011 que o fim da restrição provocaria um surto de “prostituição, pornografia, homossexualidade e divórcio” no país.

Fonte: Veja