gozadoO norte-americano Dale Decker viu sua vida virar de cabeça para baixo e as atividades mais simples do cotidiano se transformarem em um grande desafio depois de uma hérnia de disco. A caminho do hospital, Dale ejaculou cinco vezes na ambulância. Depois disso, ele nunca mais parou de ter orgasmos diariamente. São mais de 100 todos os dias. Não é necessário explicar porque a vida dele está bem mais próxima de um pesadelo do que de um sonho, não é?

Dale sofre de uma síndrome conhecida como Distúrbio da Excitação Sexual Persistente e diz que, se pudesse escolher entre sua atual situação ou nunca mais ter nenhum orgasmo na vida, ficaria com a segunda opção. No vídeo, ele conta, transtornado, sobre um dos momentos que considera mais embaraçosos – o funeral de seu pai, durante o qual ele teve nove orgasmos diante de toda a família.

Os orgasmos de Dale, de acordo com ele, são fisicamente prazerosos, mas ele não consegue “tirar nada de bom” daquilo porque eles acontecem de maneira descontrolada e ele sente muito nojo de si mesmo enquanto eles estão acontecendo. Ele não sai mais de casa, não trabalha, dorme em uma cama separada da mulher – porque às vezes os orgasmos acontecem no meio da noite.

De acordo com psicólogos, a principal preocupação com quem sofre desse distúrbio é o suicídio, já que muitas vezes essa parece ser a única saída. Dale continua em busca de uma cura para seu problema.

Via Galileu.