pip
Na última terça feira (14), fomos a São Paulo e acompanhamos o PIP (Prêmio da indústria pornô),  a primeira premiação do gênero realizada no Brasil, para reconhecer os melhores títulos da produção de cinema pornográfico nacional. O Grande vencedor da noite foi “Show de Bundas”, do diretor Gil Bendazon.

Promovido pelo canal Sexy Hot, o prêmio buscou inspiração no AVN Awards, entregue desde 1984 nos Estados Unidos e considerado o Oscar do cinema adulto internacional. Na versão brasileira, as produtoras inscreveram seus títulos e o Sexy Hot selecionou três indicados para cada uma das 11 categorias.

Pela internet, o público escolheu os ganhadores de nove delas, deixando duas a cargo de um júri técnico: melhor filme e melhor diretor.

A cerimônia em São Paulo foi apresentada pelo ator Sérgio Loroza e teve participação do ilusionista Gustavo Vierini, além da presença de famosos como Vampeta, Acid Girl, Pietra Príncipe, Elke Maravilha e  Rita Cadillac.

Veja os ganhadores em todas as categorias do Prêmio da Indústria Pornô:

Melhor Filme: Show de Bundas
Melhor Atriz: Fabiane Thompson, por Transa ao Tom de Cinza
Melhor Ator: Ed Júnior, por Disk Boquete
Revelação do Ano: Renatinha Gaúcha, por Turma do Sexo
Melhor Título: “Transa ao Tom de Cinza”
Melhor Diretor: Marco Cidade, por Insônia
Melhor Cena de Orgia: Amigas da Minha Irmã
Melhor Cena de Fetiche: Bundas Alucinantes
Melhor Cena de Sexo Oral: Profissão: Atriz Pornô
Melhor Cena de DP: Meninas Más
Melhor Cena de Sexo Anal: Analmaníacas 2