A empresa japonesa de lingerie Ravijour criou um sutiã que só pode ser aberto “pelo poder do verdadeiro amor”. Como um cinto de castidade, só que para os seios da mulher, o sutiã funciona através de sensores escondidos que detectam a frequência cardíaca da usuária. Quando os batimentos sobem muito, as molas do sutiã são.

O “True Love Tester”, tem incorporado um sensor que regista o batimento cardíaco e envia-o por bluetooth para um smartphone. O aplicativo calcula o “amor verdadeiro” e se atingir uma taxa chamada “true love”… destrava automaticamente.