fogo
Uma mulher de 46 anos foi presa, em Cachoeira do Campo, após atear fogo no corpo do marido, nessa segunda-feira, dia 16. Ela teria se irritado quando o companheiro pediu que ela levasse uma cerveja até a cama do casal.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher, identificada como Diva, confessou o crime e disse que seu marido Honorato, também de 46, não aceitava o fim do relacionamento. Ela queria se separar do homem há alguns meses. A suspeita também não gostou da exigência do marido e, ao invés de levar a bebida alcoólica, levou um galão com um litro de gasolina, jogou na vítima e riscou um fósforo. O quarto da residência, que fica localizada na rua Alameda dos Pinheiros, pegou fogo e o Corpo de Bombeiros foi acionado.

O homem teve 70% do corpo queimado, sendo a maior parte das queimaduras no rosto, tórax, costas e virilha. Ele foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia de Ouro Preto, mas aguarda uma vaga no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, na capital mineira. A mulher foi levada para a delegacia da cidade e vai responder por tentativa de homicídio. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Fonte: Minuto Mais