A cerimônia do Oscar 2016 aconteceu nesse domingo (28) em Los Angeles e foi uma noite de surpresas, primeiras vezes e zebras. Além de polêmicas, protestos, discursos ácidos, etc. O grande vencedor da noite foi Leonardo Dicaprio, que finalmente levou um Oscar para a casa e, ao que tudo indica, não vai soltá-lo tão cedo. Mas o título de Melhor Filme foi para “Spotlight: Segredos Revelados” (uma das surpresas), desbancando o favorito “O Regresso” e o grande premiado “Mad Max: Estrada da Fúria”, que ficou com 6 estatuetas de categorias técnicas.

Além de tudo isso, que você já leu por aí, separamos os grandes, os melhores e os piores momentos da cerimônia do Oscar 2016. E começamos com o indiscutível melhor e mais esperado da noite:

1 – Leonardo DiCaprio finalmente levou o Oscar de Melhor Ator (e foi emocionante)

A tão aguardada vitória de Leonardo DiCaprio como melhor ator por “O Regresso” gerou 440 mil tuítes por minuto, tornando-se o momento da cerimônia mais comentado no Twitter na história do Oscar. Apesar do sentimento de vazio por termos perdido um meme (assim como quando o Corinthians foi campeão da Libertadores), todos nós sentimos um alívio e uma alegria pelo bom moço de Hollywood que tanto batalhou por essa estatueta dourada. O momento merece ser revisto. DiCaprio ovacionado por todos os companheiros de profissão que estavam ali. Assista:

2 – O vídeo que Arnold Schwarzenegger fez para Stallone dizendo estar orgulhoso dele

Era o favorito, mas não foi dessa vez – e talvez tenha sido uma das maiores injustiças dessa edição do Oscar. Apesar da ótima atuação em “Creed: Nascido para Lutar“, em que faz um Rocky Balboa bem velho e “nas últimas”, a Academia não se comoveu e deu o Oscar a Mark Rylance como Melhor Ator Coadjuvante por “Ponte dos Espiões”, em que contracenou com Tom Hanks e foi dirigido por Steven Spielberg. Assim que foi anunciado o vencedor da categoria, o amigo de longa data, Arnold Schwarzenegger fez um vídeo e postou no Twitter, com uma mensagem a Stallone que falou o que todos nós gostaríamos de dizer naquele momento: “Não importa o que eles digam, para mim, você é o melhor, você é o vencedor. Estou orgulhoso de você”.

3 – A apresentação emocionante da Lady Gaga que levou vítimas de abuso sexual ao palco

Gaga subiu ao palco para cantar a música “Til it happens to you”, do filme “Hunting Ground”, que foi indicada ao Oscar de melhor canção original. Um grupo de vítimas de violência sexual ficou ao lado dela enquanto ela cantava e tocava piano a música que tem a ver com uma mensagem de denúncia aos abusos sofridos por mulheres. Apesar de ter arrancado lágrimas de várias estrelas na plateia, “Til it happens to you” perdeu o Oscar para “Writing’s On The Wall”, de Sam Smith, que escreveu e gravou a trilha de “007 contra Spectre”.

oscar-2016-lady-gaga
4 – O monólogo matador do apresentador e comediante Chris Rock na abertura da premiação

Sem nenhuma censura, Chris Rock atacou e ironizou, ao mesmo tempo, a falta de indicações de atores negros nas principais categorias nessa edição e chamou o prêmio de White People Choice Awards. Inclusive, atores anunciaram boicote e ativistas usaram a hashtag #OscarSoWhite para protestar contra a falta de negros no Oscar. Dois grandes trechos:

“O que quero dizer é que não se trata de boicotar as coisas. O que a gente quer é oportunidade. Queremos que atores negros tenham as mesmas oportunidades. E só. Não só de vez em quando. Leo [DiCaprio] consegue um grande papel todo ano. Todos vocês conseguem grandes papéis o tempo todo. E os negros?”

“Um dos grandes temas desta noite não é racismo. Você não pode mais perguntar para as mulheres o que elas estão vestindo. Pergunte mais. Você tem que perguntar mais a elas. Nem tudo é sexismo, nem tudo é racismo. Eles perguntam mais aos homens porque eles vestem sempre os mesmos figurinos. Se o George Clooney aparecer com um smoking de linho verde e um cisne saindo do seu rabo alguém vai perguntar: ‘O que você está vestindo, George?'”

oscar-2016-chris-rock
5 – A aparição divertida de C3PO, R2-D2 e BB-8 no palco

Os robôs foram ao palco prestar uma homenagem a John Williams, compositor da trilha sonora de todos os filmes da franquia “Star Wars”. O filme “Star Wars: O Despertar da Força” não levou nenhuma estatueta na noite.

oscar-2016-robos-star-wars
6 – Dave Grohl cantou “Blackbird”, dos Beatles, na sessão In Memorian

Dave Grohl dos Foo Fighters cantou “Blackbird” o clássico dos Beatles de 1968 na cerimônia. A canção foi executada na sessão “In Memoriam” que homenageia os profissionais da área cinematográfica que morreram recentemente. No segmento entre os nomes que foram lembrados estavam o ator Leonard Nimoy, o diretor Ettore Scolla e David Bowie, que fez vários trabalhos no cinema como ator.

7 – Ennio Morricone, aos 87 anos, emocionado com o primeiro Oscar de Melhor Trilha Sonora

E se você achou que o prêmio para DiCaprio estava demorando, pense na situação de Morricone: aos 87 anos e quase 500 bandas sonoras de filmes e produções televisivas depois, o compositor finalmente levou um Oscar pela Trilha Sonora de “Os Oito Odiados“, do diretor Quentin Tarantino. Ele já havia levado um prêmio honorário pela Academia, em 2007, mas é a primeira vez que recebe o prêmio competitivo por seu trabalho. Quentin Tarantino já usara música de Morricone antes, mas foi a primeira vez também que um filme do realizador teve direito a banda sonora completa daquele que considera o seu compositor favorito. Aqui, com vocês, uma playlist para curtir grande premiada da noite.

BÔNUS:

8 – A linda da Brie Larson, que ganhou como Melhor Atriz, comemorou com hambúrguer e tênis na festa pós-cerimônia

Ela ganhou como Melhor Atriz pela atuação em “O Quarto de Jack” e, como uma boa lady, já deixou todo mundo apaixonado pela sua atitude e autenticidade a noite toda.  Na festa da Vanity Fair, depois da premiação, ela até chegou de vestido e salto alto, mas não ficou por muito tempo. Em seguida, ela postou esta foto comendo hambúrguer com uma mão, segurando a estatueta com outra, e o pé de Converse em cima da mesa. Já é nossa queridinha!

9 – A atuação vergonhosa da atriz Gloria Pires como comentarista na Globo

Convidada para comentar a premiação da noite ao vivo na Rede Globo, a atriz parecia perdida, mal informada e desinteressada. Assumia não ter assistido aos filmes e reconhecia que não tinha gabarito para opinar sobre as escolhas entre as categorias. O Twitter não perdoou e, em certo momento, a coisa ficou tão constrangedora que roubou a atenção do que acontecia no Oscar.

LEIA TAMBÉM: Principais indicados e nossas apostas para o Oscar 2016