ashley-madison
São Paulo é a cidade com o maior número de contas no site de traição – e isto em comparação com todas as outras cidades do mundo que utilizam o serviço. Segundo os dados, a capital paulista possui 374,5 mil usuários registrados no Ashley Madison, ficando à frente de cidades como Nova York, Estados Unidos e Sydney, Austrália, com 268 mil e 251,8 mil, respectivamente. Em Toronto, no Canadá, são 222,9 mil usuários e Santiago, no Chile, com 218 mil.

Além de São Paulo, Rio de Janeiro (156,5 mil usuários) ocupa o 11º lugar e Brasília (97 mil) o 20º. Um outro gráfico publicado pelo Dadaviz também mostra que o Brasil é o segundo país com mais usuários no Ashley Madison; são 918 mil usuários brasileiros ante 1,4 milhão de membros norte-americanos.

Os dados divulgados pelos hackers incluem nomes, cartões de crédito (somente dígitos finais) e até mesmo quais transações já foram feitas utilizando o site para traições. No total, o pacote traz 9,6GB de arquivos com uma série de informações confidenciais.

Segundo a Avide Life Media, que mantém o Ashley Madison e outros portais, afirma possuir 40 milhões de usuários cadastrados no site.