Eis que voltamos com as Séries que todo homem deveria assistir. Na primeira edição falei sobre Sons of Anarchy, e agora é a vez de Breaking Bad. Eu sou um pouco suspeito pra falar dessa série, afinal eu tenho o Sr. Walter White tatuado no braço, mas vamos seguir o roteiro e listar alguns motivos pra você que deve ter uma boa desculpa, como morar em outro planeta, pra não ter assistido a Breaking Bad ainda.

walter-white

1- Breking Bad é a melhor série dramática de todos os tempos
Embora eu concorde com a afirmação acima, foi a revista Veja quem analisou a série e chegou a essa conclusão. Vou tentar evitar comentários de fã e salientar apenas que a trama é incrivelmente cativante e no final do primeiro episódio você já quer saber o que vai acontecer com os personagens. A produção é acima da média, roteiro bem construído, personagens fortes e uma incrível história recheada de drama. A fotografia impecável, tudo é muito bem feito nos mínimos detalhes. Não há espaço pra falhas, algo que aconteceu na primeira temporada, tem uma explicação lá na temporada final.

2- Você simplesmente não consegue parar de assistir
É verdade que a primeira temporada (que só tem 7 episódios) é um pouco mais arrastada que as demais, e por isso mesmo ela te ajuda a entender toda a complexidade de cada um dos personagens, pra que nas temporadas seguintes, você esteja totalmente ambientado com a personalidade de cada um. E mesmo com esse ritmo mais lento, você vai engolindo episódio atrás de episódio e quando percebe está completamente envolvido com a trama.

jesse-pinkman

3-  A história é sensacional
Um professor de química semi-falido, com um filho com paralisia cerebral, uma esposa grávida, que precisa trabalhar num segundo emprego noturno pra sustentar a sua família, descobre que tem câncer de pulmão, mesmo sem nunca ter fumado. Os médicos lhe dão pouco mais de 6 meses de vida. Sem saber o que fazer, ele decide fabricar drogas sintéticas pra deixar dinheiro pros seus entes queridos após a sua morte. A partir daí a trama apenas se intensifica, e você vê a transformação de um pai de família bunda-mole num traficante de drogas internacional.

4- Personagens complexos
Acompanhar a transformação e evolução dos personagens ao longo das temporadas é muito interessante. Como não quero dar spoilers, posso dizer apenas que em determinado momento você vai amar cada um dos personagens, e não muito tempo depois vai odiá-los também, e vice-versa. Esqueça aquela história de vilão ou mocinho, tudo é muito intenso e às vezes medidas drásticas precisam ser tomadas, o que os deixa os protagonistas muito humanos, com muitas qualidades e defeitos, você consegue perceber isso, inclusive pelas cores que cada  um deles veste, o humor de cada personagem é retratado na forma de se vestir, e a minha dica é que você assista a série e fique a atento a este detalhe.

5- Todo o elenco é muito bom e importante no sucesso da série
A esposa até certo ponto dedicada e capaz de tudo pela sua família, o advogado trambiqueiro que o ajuda em diversos momentos, o cunhado chato e que trabalha na polícia, seus inimigos e aliados durante a sua jornada criminosa, são todos eles de extrema importância pra trama se desenvolver de forma sólida, fazendo com que você não se prenda apenas aos personagens principais.

6- A química perfeita entre drama e humor
Carregados de temas pesados como tráfico de drogas, violência, câncer, a série acerta em cheio também no momentos de humor, basta lembrar do irritado Walter White jogando uma pizza em cima do telhado, ou de qualquer momento em que o atrapalhado Jesse Pinkman solta o seu bordão “Yeah, Bitch!”

gus

7- Não tem enrolação
Beaking Bad não é aquele tipo de série que cria um grande mistério e te enrola por 4 ou 5 episódios que não levam a nada. A história realmente flui sem enrolação e, o mais importante de tudo, ela chega a um fim – não ficam dúvidas no ar e nem histórias mal contadas.

8 Os vilões são fantásticos
Talvez, o maior vilão seja o próprio personagem principal e em determinado momento você passa a questionar as decisões dele, principalmente quando o professor de química dá espaço ao criminoso, e a coisa fica feia. Mas não é só ele, Tuco, o leão de chácara Mike, os sinistros gêmeos mexicanos, a violenta gangue do Tio Jack e o calculista Gus Fring compõem uma galeria caricata, mas são personagens tão bem construídos que é possível simpatizar com eles.

9- Prêmios
Por sua interpretação de Walter White, Bryan Cranston ganhou o Emmy de melhor ator em série dramática três anos consecutivos em 2008, 2009, 2010 e também em 2014. Aaron Paul ganhou o Emmy de melhor ator coadjuvante em série dramática em 2010 e 2012. Paul também ganhou o Saturn Award de Melhor Ator Coadjuvante na televisão em 2010 e 2012. Anna Gunn ganhou o Emmy para melhor atriz coadjuvante em série dramática em 2013. No geral, o show ganhou 45 prêmios da indústria e foi nomeado para 113.

Veja o trailer da primeira temporada:

Veja Também: 19 coisas que aprendi assistindo Breaking Bad