Scott Weiland
Na sexta-feira, 4, acordamos tristes. O mundo do rock perdeu Scott Weiland, um dos maiores frontmans de décadas para cá. Scott, com sua voz sempre marcante, construiu uma sólida carreira, derrubada pelos exageros – e quando falo exageros, não quero dizer somente de drogas -, foram exageros de atitudes, arrogância, falava demais e por ai vai. Mas é disso que se faz um rockstar, claro, as drogas podiam passar longe, assim todos curtiríamos muito mais. O que importa é que ele foi verdadeiro.

Mas Weiland deixou sua marca no rock and roll, formou duas bandas de enorme sucesso no mundo: Stone Temple Pilots e Velver Revolver. Na primeira marcou toda uma geração com músicas como Plush e Creep. Já na segunda, comandou ex-Guns n’ Roses para o sucesso novamente. Uma pena que supergrupos durem tão pouco.

Sobre sua nova banda, o Scott Weiland and The Wildbouts, uma pena não ter dado tempo de marcar como as outras, mas vale muito você correr e ouvir. Aqui, como tributo mesmo, citamos 10 delas que podem resumir a curta passagem de 48 anos de Scott por este mundo.

Hoje o rock tem mais um motivo para usar preto.

Valeu Scott!