Durante toda essa semana eu me concentrei no set que mandaria na primeira edição de uma festa na última sexta-feira, 22. Bom, discotecando em lugar novo, com um público mais velho, mais oitentista, ou seja, outro estilo de som, diferente do que eu costumo tocar nos roles da molecada.

Então lá vou eu puxar pela memória bandas que eu escutava muito quando criança (final dos anos 80, começo dos 90), quando na real nem entendia muito, era mais pela curtição e “rebeldia” mesmo. E sabe o que foi mais legal? Tudo isso me soou muito novo e muito mais legal do que quando ouvia na época, me trouxe muitas lembranças boas.

Vi minha infância roqueirinha passando e resolvi compartilhar na coluna desta semana. Espero que vocês curtam como eu curti!

Bônus

Não é rock mas eu escutei pra caramba também!