Home Música Sahara Hotnights – O pop rock com gosto dos anos 90

Sahara Hotnights – O pop rock com gosto dos anos 90

A banda de pop punk sueca Sahara Hotnights formada por mulheres buscou sua inspiração em lendas da música, como Ramones e The Clash. Entretanto, o resultado final se assemelha uma visão mais moderna de Hole e The Donnas.

História

Sahara Hotnights

Enfrentar o tédio não é uma coisa fácil, ainda mais para quatro adolescentes no norte da Suécia, especialmente na cidade de Robertsfors em meados dos anos 90. Justamente esse foi um dos mais singelos motivos para Maria Andersson (voz/guitarra), Josephine Forsman (bateria), as irmãs Jennie Asplund (guitarra) e Johanna Asplund formarem Sahara Hotnights.

Carreira

Sahara Hotnights

Sahara Hotnighs respirava a influência do punk rock dos anos 70, embora, sua maneira musical seguiu caminhos bem diferentes e formou seu próprio estilo, mais centrado no lado pop da coisa, com letras simples e riffs contagiantes que acabaram por deixar sua marca musical na mente dos ouvintes.

Logo após sua formação, Sahara Hotnights conseguiu facilmente lançar seu primeiro EP Suits Anyone Fine (1997), visto que gravaram as músicas de maneira autoral.

As letras era inglês, afinal, era a melhor para expandir suas músicas globalmente e quem sabe até conquistar o tão sonhado reconhecimento nos Estados Unidos, um dos maiores mercados musicais.

O EP foi aclamado pela crítica europeia, além de ser o pontapé inicial para inúmeras oportunidades para o Sahara Hotnights. A gravadora sueca Speech ficou atraída pela essência da banda e topou gravar algumas de suas músicas.

Entretanto, o primeiro álbum C’Mon Let’s Pretend (1999) veio apenas pelas mãos da poderosa gravadora BMG Records do Reino Unido, e claramente se tornou o reconhecimento do Sahara Hotnights.

O segundo álbum Jennie Bomb (2001) foi um sucesso na Europa e abriu as portas para os Estados Unidos. Entretanto, o que muito esperavam não se realizou, Sahara Hotnights não atingiu as conquistas que tanto almejavam, suas músicas não encantaram tanto o público americano.

Inegavelmente, a banda melhorava musicalmente e suas sintonias se aprimorava a cada novo álbum. Mesmo assim, Sahara Hotnights não conseguiu se manter em um mercado que exigia constantemente novidades, infelizmente encerram a banda em 2011 com o álbum que recebia seu próprio nome para honrar sua carreira.

Mais posts pra você

COMENTE JÁ