Home Notícias Nikole Mitchell – Pastora abandona a igreja para se tornar stripper!

Nikole Mitchell – Pastora abandona a igreja para se tornar stripper!

Tendo crescido em uma família batista estrita, esperava-se que Nikole Mitchell fosse quieta, reservada e doce. Mas seus sonhos não eram tão conservadores. Trabalhando como sex worker ela agora disse que nunca se sentiu tão feliz e que hoje consegue ver a sua sexualidade como algo sagrado.

Nikole Mitchell

Nikole Mitchell e infância conservadora.

“Desde muito jovem, eu fantasiava ser uma stripper. Mas fui doutrinada a acreditar que meus desejos e meu corpo eram pecaminosos”, disse Nikole Mitchell em entrevista ao jornal New York Post. Então inicialmente, em vez de perseguir seus sonhos, a mãe de três filhos apostou tudo na religião e se tornou uma pastora. Mesmo assim, no entanto, era rebelde aos olhos de sua família.

Nikole Mitchell

“Aprendi que as mulheres não podem liderar e que as mulheres devem estar na cozinha e com as crianças”, disse Mitchell, de 36 anos. “Portanto, embora isso fosse contra tudo o que me disseram, decidi me tornar pastora por causa do meu amor por me apresentar.”

Uma pastora, mas ainda rebelde.

Em 2011, Nikole Mitchell, junto com seu agora ex-marido, juntou-se à Woodland Hills Church – uma megaigreja evangelista em St. Paul, Minnesota – que abriu seus olhos para a possibilidade de igualdade de gênero dentro da fé.

“Fiquei pasma”, ela relembrou de sua primeira visita à casa sagrada. Todos os domingos, Mitchell era a primeira da fila a fazer uma pergunta ao pastor após o sermão. “Um dos meus pastores disse: ‘Nikole, você percebeu que é teóloga? E eles disseram: ‘Gostaríamos que você fosse um de nossas pastoras’ ”, lembrou Nikole Mitchell. “Estar no palco na frente de milhares de pessoas, isso é o que eu sonhei por anos.”

Nikole Mitchell
Evangelical pastor turned stripper named Nikole Mitchell

Ansiosa por subir na hierarquia, Mitchell – que também criava três filhos agora com 10, 7 e 4 anos – conseguiu uma vaga como pastora semanal em 2016. Mas a verdadeira identidade Nicole Mitchell começou a se revelar em 2016, depois de assistir a uma peça de teatro voltada ao público LGBTQIA+, Mitchell começou a questionar sua sexualidade. “Senti como se vivesse uma vida dupla”, comentou ela.

“Eu estava tipo, ‘Oh meu Deus, eu não acho que sou hetero’e isso abalou meu mundo”, disse Mitchell, que agora se identifica como bissexual e pansexual. “Eu sabia que se revelasse minha estranheza, perderia tudo porque a igreja não acolhe pessoas queer.” De repente, Nikole Mitchell se sentiu como se estivesse vivendo “uma vida muito dupla” e lutou para manter sua sexualidade em segredo.

Mudando de vida

Então, depois de dar seu primeiro sermão de fim de semana de grande público no fim de semana de 4 de julho de 2017, Nikole Mitchell deixou a igreja para sempre. “Eu simplesmente nunca apareci de novo,” ela disse. Alguns meses depois, ela deixou a igreja e fez um vídeo se assumindo bissexual publicamente em um vídeo confessional no YouTube postado em suas redes sociais.

Diante da reconstrução de sua vida, ela se perguntou o que viria a seguir. Mitchell sabia que ela queria se aprofundar em seus próprios desejos sexuais e se inscreveu em uma aula chamada “Sexpress You”.

“Tratava-se de expressar seu eu sexy e esse era o elemento fundamental de que eu precisava”, disse Mitchell. Em seguida, ela se juntou a um fotógrafo para fazer sua primeira sessão de fotos nuas. “Chorei porque nunca me senti mais santa e sagrada em minha vida”, Nikole Mitchell relembrou sobre a filmagem. “Nunca me senti mais sexy e livre do que antes.”

Emocionada com sua nova vocação como stripper e modelo erótica, Mitchell lançou uma conta OnlyFans onde posta fotos e vídeos explícitos em troca de dinheiro.

Sexualidade sagrada

“Eu comecei muito tímido como apenas fotos de topless, mas agora estou no ponto em que levo pedidos pessoais e faço vídeos sob medida para os desejos específicos das pessoas”, disse Nikole Mitchell, que também trabalha como coach de vida e oferece cursos como “How to Unf – – k Yourself” sobre como ser você mesmo. “Estou a ponto de, em março, receber vários milhares de dólares para fazer sexo com alguém, e eu estava OK com isso, mas então COVID bateu e isso foi cancelado.”

Mitchell se mudou para Los Angeles em agosto de 2019 e se divorciou do marido em junho.

Mas hoje, Nikole Mitchell está mais feliz do que nunca. “Cada pessoa tem o direito de se expressar da maneira que for melhor para ela e é assim que isso é bom para mim”, disse ela. E embora seus dias de pregação possam ter ficado para trás, despir-se, para Mitchell, é igualmente sagrado. “Minha sexualidade é incrivelmente curativa e sagrada”, disse ela. “E quando eu dou este presente às pessoas, isso as abençoa.”

Se quiser conhecer mais sobre ela, deixo abaixo os links das redes-sociais dela:

Nikole Mitchell também mantem um canal no youtube onde fala sobre sua vida e faz videos motivacionais:

E então, que achou do post sobre a Nikle Mitchell e sobre ela abandonar a igreja para se tornar stripper no OnlyFans? Deixe sua opinião nos comentários…

COMENTE JÁ

Mais posts pra você