mulheres-redes-sociais
Meu amigo, você já  parou pra pensar em como a tecnologia entrou de vez na nossa vida? Hoje em dia todo mundo participa de pelo menos uma rede social, seja ela o orkut, facebook, twitter, instagram ou alguma nova rede que surgiu ontem e breve dominará o mundo. O fato é que com essa migração da vida real pro mundo virtual, se deu de uma forma estranha. Enquanto homens usam tais ferramentas com sublime sabedoria para combinar o boteco na sexta feira à noite, compartilhar pornografia e tirar sarro dos amigos por causa do futebol, a mulherada faz nas redes sociais exatamente a mesma coisa que elas fazem no dia a dia.

Temos o exemplo clássico da garota  que tem um instagram só com fotos dela mesma em milhares de poses sensuais na praia, na rua, na casinha do cachorro, ela é carente e precisa disso pra se sentir feliz. Temos a clássica namorada ciumenta, que usa o orkut pra bisbilhotar as “vadias” que estão te mandando recados. Tem também aquela reclamona do twitter, tudo o que ela sabe fazer é reclamar que não tem roupa pra sair, que tá com fome, que ninguém a quer, que o ex namorado dela tá pegando uma feia. Sabe aquela sua amiga chata e que quer parecer descolada e Cult? Foi parar no facebook e todo dia ela coloca uma maldita frase de Clarice Lispector pros amigos acharem que ela gosta de ler. Ela quer parecer politizada, então compartilha notícias que ela nem leu.

Outro caso comum é da mulher que tomou um pé na bunda e quer mostrar que está feliz, ai todo dia no twitter da bendita você vai encontrar frases como: “sozinha na pista” e “solteira sim sozinha nunca”, além dos check-in em vários bares e baladas no foursquare, mas a verdade é que ela está chorando e comendo um pote de sorvete trancada no quarto dela.  O Instituto Testosterona de Mídias sociais adverte: depois que o wi-fi chegou na cozinha, a internet nunca mais foi a mesma.