As mulheres já são uma realidade no poker. Sejam disputando o Ladies Only do BSOP – o Campeonato Brasileiro de Poker – ou disputando os maiores torneios ao redor do mundo, elas podem ser vistas em ação colocando muito marmanjo para voltar para casa antes do fim de uma disputa de poker. Se engana quem acha que elas não sabem jogar, pois elas são realmente boas e tão competitivas quanto os homens. E não se assuste caso uma delas sentar para disputar uma partida contra você: ela vai jogar para vencer.

Sempre que penso nas mulheres no poker a primeira história que eu lembro é da Annette Obrestad. E hoje vou aproveitar para desafiá-los a fazer algo similar ao que ela fez. Um tempo atrás, ela se desafiou a disputar um Sit&Go de 180 pessoas, com buy in de US$ 4,40 e muita vontade de vencer. Consegue pensar em como é jogar poker sem ver as suas próprias cartas? Com a palavra, Annette, que recentemente explicou tudo sobre esse seu ~experimento~ inusitado.

Ela venceu com um 45o em determinado momento. E foldou KK no UTG, também. E sim, ela venceu um torneio da WSOP também, como ela mesmo disse no vídeo, mas ela sempre será lembrada por ter vencido esse torneio. E você, acha que é capaz de fazer algo assim? Vamos fazer os nossos próprios experimentos e descobrir como é jogar sem ver suas cartas? Eu farei isso em breve. E nos vemos semana que vem!