Dizem que o poker é um esporte da mente, onde pessoas inteligentes se destacam. Dizem também que o poker leva 5 minutos para ser aprendido e uma vida toda para ser dominado. Eu concordo com isso e vou além: Se você é aquele tipo que só tem um repertório no poker, mesmo que seja de jogadas vencedoras hoje, pode apostar que na semana que vem você será batido. E vou explicar o porque aqui.

Fazia alguns meses que eu não tinha tempo para jogar torneios e para voltar a ler sobre poker. Antes, eu tinha uma coisa de insistir em certas linhas de jogadas e com o tempo você percebe que variar é fundamental, não dá pra ficar sempre na mesma. Pense em seus amigos: Você sabe – ou pelo menos acredita saber – como cada um deles reage em determinadas situações. O cara engraçado, o cara reflexivo, o que faz drama por qualquer coisa… Mas, se formos pensar com calma, você sabe o motivo de cada um deles pensar de uma forma diferente? Provavelmente não, e é assim que devemos encarar também o poker.

Digo isso tudo porque eu parei para refletir sobre um vídeo de um dos caras mais incríveis do poker no Brasil, Gabriel Goffi. Só para você, que ainda não o conhece entender, saiba que ele é um dos pouquíssimos Brasileiros na atualidade a participar dos jogos mais caros da internet no PokerStars. E quando ele falar de poker, amigos, é melhor baixar a cabeça e escutar.

Veja o vídeo abaixo:

Fiquei refletindo uns 10 dias sobre isso tudo. O poker é um jogo tão fantástico que quando você realmente começa a pensar e entender tudo sobre ele as coisas mudam e tudo o que funcionou durante um tempo começa a ser combatido, fazendo com que os melhores do mundo comecem uma viagem por um caminho diferente. A dinâmica do jogo, ainda bem, permite que isso tudo aconteça.

Ou ainda: Quando você achar que uma jogada é certa ou errada, não pare aí. Vá atrás de entender qual caminho levou aquela pessoa a fazer aquilo que você não esperava. Descubra o que pensou aquele ser que jogou contra você naquela mão daquele momento do torneio e fez aquilo que você não esperava.

E teste, amigos. Teste suas novas teorias sempre que puder, já que sair do lugar comum pode te levar adiante. Se der errado, apenas volte um passo para trás e comece de novo por outro caminho. Você não precisa seguir os passinhos de outros jogadores para ir longe. Mas é importante que entenda cada passo dado para que você saiba para onde ir, também.

Tire um tempo pra pensar nisso. E semana que vem conversaremos um pouco mais.