MATH
Porcentagens. É com isso que o jogador de poker deve, por muitas vezes, basear uma decisão. Parece simples e prático, mas nem sempre é assim. E hoje vou dar uma rápida volta por esse pequeno mundo dos números para tentar mostrar a vocês como entender determinadas jogadas em nosso esporte da mente.

Quando falamos de poker devemos pensar no longo prazo, em relação a decisões. Se hoje ou ontem você perdeu jogando com um par de A é sabido que no longo prazo você vai vencer mais vezes do que perder, ao menos pelas chances. E são as chances que podem nos guiar nesse mundo de incógnitas e suposições. Para facilitar as coisas, inclusive, existem programas que nos ajudam a entender e calcular as probabilidades no poker.

Para calcular as porcentagens de chance que sua mão tem de vencer, você precisa calcular o tipo de mão que seu adversário jogaria contra você. Esse é o pré-requisito mais importante, já que a calculadora de odds fará o trabalho pesado. Você observa o resultado, mensura se vale a pena baseado nos outros fatores como seu número de fichas, qual momento do torneio estão e quem é exatamente seu adversário e você saberá o que fazer. Pense bem, agora: Seu adversário só pagaria seu aumento com AA, AK, AQ, KK e QQ? Ou ele iria além, pagando com 47, 59, 72 e afins? Atribua a ele uma range de mãos para que possamos seguir adiante.

* Range: Todas as possíveis mãos que fariam uma pessoa jogar determinada rodada.

Agora, façamos uma conta simples: Quais as chances de você vencer qualquer mão quando começa recebendo um AA? Vejamos o que dizem os números. Contra quaisquer duas cartas, o par de A tem 84,71% de chance de vencer. Para ser menos preciso, a cada 10 rodadas você vai acabar perdendo 1,5 delas. Se formos considerar que nosso adversário só jogaria com AK, AQ, KK as chances de perder são de apenas 10%, quase que redondo. Parece o suficiente para tentar jogar o máximo possível de mãos nessas condições, certo?

Agora vamos pensar em combinações menos favoritas. Lembra aquele seu adversário que jogou com TJ de copas e acabou ganhando do seu par de A? Vejamos as chances dele? TJ de copas contra quaisquer duas cartas tem 56% de chance de vencer a mão. 5 em 10, portanto. Pode não valer a pena por perder tanto quanto ganha, teoricamente, mas pode ser o suficiente quando você tem muito mais fichas que seus adversários, por exemplo. Ou quando você ta disposto a tentar dobrar de qualquer forma para não ficar com poucas fichas em determinados estágios avançados de um torneio.

Quando você começa a estudar um pouco mais a fundo o poker surge a necessidade de entender em que ponto do jogo estão concentrados seus erros. Muitas vezes e em diversos torneios não é viável ficar esperando as mãos premium surgirem para você jogar e você precisa se mexer. Torneios de poker são habitat natural de predadores, que buscam fichas a quase qualquer custo. Você precisa aprender a se defender e buscar as melhores chances de ficar com as fichas dos seus adversários e os números estão aqui para ajudar você a fazer isso.

Você pode ter uma calculadora de odds online, como essa aqui, ou pode usar um programa específico para isso em seu computador (que terá acesso offline), como o pokerstove. Para usá-la, é simples: Atribua a sua mão, atribua uma range de mãos para seu adversário (apenas marque com quais mãos você acha que ele jogaria ou marque todas, se você não sabe) e faça o cálculo.

Agora, infelizmente, chegou a hora da lição de casa.

Escolha duas ou três mãos e defina a range de mãos do seu adversário. Faça as contas e veja se vale a pena jogar ou foldar esse tipo de mão em determinados momentos do torneio. Podemos continuar falando sobre isso no meu Twitter ou nos torneios do Home Game do Testosterona. E se você aprender isso com esforço e aplicar ao seu jogo, pode ter certeza de uma coisa: Você estará entre os 20% dos jogadores que vão além de receber e apostar cartas de forma aleatória. Você estará chegando numa elite de quem entende melhor o poker e tem mais chances de vencer as partidas. Procure as melhores porcentagens para seu jogo que a matemática vai lhe ajudar a vencer, também.

Agora é com vocês. Nos vemos semana que vem!