Dar presente no Dia dos Namorados é quase sempre tenso – mas receber também rende fortes emoções. É tão frustrante quando você pensa com antecedência, prepara algo especial e recebe alguma coisa que claramente foi comprada com preguiça ou sem o mesmo empenho, né?

Isso pode acontecer principalmente nos primeiros anos de relacionamento, explica a terapeuta Gabriela Sayago. “Costuma ser mais difícil no primeiro ano porque ao mesmo tempo que queremos agradar muito, não conhecemos, muitas vezes, o suficiente. Com o passar do tempo, as conversas são mais abertas, afinidades alinhadas o que costuma facilitar nessa hora”.

Como reagir ao presente que não gostou?

Mas e aí: como reagir quando ganhar alguma coisa de que não gostou? Porque é diferente de disfarçar quando é com aquela sua tia no Natal que você vê só uma vez por ano. Gabriela recomenda que “a primeira reação deve ser sempre de agradecimento, afinal quem comprou tirou um tempo, achou que daria certo, que seria uma boa opção”. Ela ainda dá uma dica pra contornar a situação: “No fundo o que vale em um presente é a intenção e não o presente em si. Dá pra contornar agradecendo e focando no programa, o jantar o momento a dois”.

Pode trocar o presente?

Mas e se você realmente não gostou, ou não serviu, ou por qualquer outro motivo quiser trocar o presente, é chato? Denise Figueiredo, psicóloga e sócia diretora do Instituto do Casal, comenta que isso depende muito da relação que existe entre vocês. “Se você já conhece o seu parceiro e sabe que ele não ficará chateado por você trocar o presente dele por algo que realmente goste ou precise, é muito melhor trocar, pois com certeza ele ficará feliz em te ver usando algo que você curta. Agora, caso você não goste, sugiro que pense numa desculpa para trocar, talvez dizer que o tamanho ficou grande, ou que não caiu bem em você. Mais importante do que o presente é preservar o bom relacionamento entre o casal”.

Como não errar no presente

Denise recomenda que você procure dar algumas indiretas sempre que estiver em uma loja ou até mesmo um período antes de comprar o presente. “Tente saber se a pessoa já tem aquilo, ou se ela esteja precisando de algo. Procure conversar com outros amigos próximos a ela, para saber se ela comentou o que gostaria de ganhar. O que vale é fazer aquela pesquisa minuciosa e discreta para descobrir e aumentar as chances de acertar no presente. Pense em algo criativo e divertido que traga significado. Nem sempre o que é mais caro é o que agrada.” Anotado?

Perguntamos a algumas mulheres quais foram os piores presentes que elas já ganham em Dia dos Namorados na vida – e o que elas gostariam de ter ganhado.

Dá uma olhada e anota as dicas pra não errar!

Mayumi Sato, diretora de marketing do Sexlog, namorando há 7 anos

O pior presente que já ganhei foi perfume e cremes com perfume forte. Eu tenho HORROR a perfume. Mesmo nos outros, se não for bem discreto, fico muito incomodada com cheiro forte, me deixa enjoada, com dor de cabeça. Mesmo sabendo disso, um ex-namorado resolveu me presentear. Claramente foi algo de última hora, comprado na pressa. Uma verdadeira decepção.

Eu gosto de ganhar qualquer coisa que tenha sido feita ou preparada pela pessoa, não necessariamente comprada. Um jantar especial em casa, uma seleção especial de fotos nossas impressas, carta, uma playlist… são exemplos de coisas que mostram que a pessoa parou um tempo pra pensar em você, refletir sobre o que você gosta, se dedicou. Eu amo!

@opamayumi

Pietra Príncipe, apresentadora e beauty artist, namorando há 5 meses

O meu pior presente foi uma pelúcia de coração com braços! Acho que foi moda uma época, mas era muito cafona. Também não gosto de perfumes, nem de ganhar nem de dar.

Agora, eu amo ganhar aqueles “vales” de clínica de estética! Vale botox, vale massagem! Sou estranha, né? Mas acho que mostra que a pessoa me conhece e sabe o quanto eu gosto de me cuidar, parece simples mas me deixa muito feliz.

@pietraprincipe

Lívia Veronviski, publicitária, namora há 5 anos

Acho que sou muito privilegiada e não estou lembrando de nada muito ruim que eu tenha ganhado! Mas o que eu mais gostei, esse eu lembro. Eu ganhei um crucifixo de prata de zircônia maravilhoso uma vez. Acho que foi o presente mais legal e caro que ganhei! (Risos)

@leeveronvisk

Raissa Andrade, jornalista e youtuber, solteira

Eu nunca tive muita sorte com Dia dos Namorados. Os poucos que passei com alguém foram um desastre. Por eu fazer aniversário muito perto da data, geralmente deixavam pra me dar um presente só, acredita? Então eu ganhava chocolate no dia, algo bem básico mesmo.

Eu acho que flores são carinhosas, gosto de ganhar, e comida também, um jantar romântico não seria nada mal. Não é difícil, né? (Risos)

@raahandradee

Mariana Graciolli, publicitária, namora há 2 anos

Acho que sou sortuda porque nunca ganhei um presente que não tenha gostado! Hoje eu acredito que a intenção e carinho envolvidos são muito mais importantes do que o valor monetário do presente. É legal sair do óbvio ou prestar atenção nas coisas que ela fala que gosta ou que tem vontade de comprar. E é importante caprichar no cartão porque essas coisas toda mulher romântica costuma guardar pra sempre!

@mari_graciolli

E você? Qual foi o pior presente que já ganhou em Dia dos Namorados?



Compartilhe
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Leia também