Um dos principais motivos do Testosterona ter criado um portal sobre porno é o grande momento que a indústria do porno brasileiro tem vivido, com novas produtoras e muito material bem feito sendo criado, como por exemplo a Fever.

Fever Films

A produtora tem como mente criativa a atriz porno Dread Hot e seu namorado Alemão chegou com tudo e nós batemos um papo com eles sobre a nova empreitada da dupla. Confira a seguir!

Fever Films Dread Hot

Há quanto tempo a Fever está ativa e como surgiu a ideia de começar a fazer suas próprias produções?

Alemão: A Fever começou suas atividades em julho/2019. A ideia já vinha sido trabalhada entre eu e a Dread Hot há mais de um ano, pensando em acrescentar algo novo pro mercado pornográfico, trazendo um formato e estética que gostaríamos de ver. Foi aí que no meio do ano resolvemos levar a proposta para a Digital X, ja parceira da Dread Hot, que topou a ideia e começamos as atividades.

A Fever tem uma pegada mais artística e diferente de fazer suas cenas, qual a proposta de usar essa abordagem?

Dread Hot: Sim, estamos em busca de apresentar algo novo mesmo, principalmente pros consumidores nacionais, que ainda estão muito acostumados com um tipo de conteúdo.

Não da pra julgar as pessoas que consomem materiais ruins, sexistas e chauvinistas, porque sempre foi as únicas coisas apresentadas a eles, então a nossa ideia, além de criar coisas diferentes, ensinar um novo jeito de consumir e de sentir prazer.

Porque, a gente querendo ou não, pornografia é um discurso sobre sexualidade, masculinidade e feminilidade, pornografia é sim educação sexual e, infelizmente, o que temos por aí, deseduca. A nossa real proposta é mostrar a beleza e a arte que o sexo pode ser. O sexo pode ser sujo, mas os valores tem que ser manter limpos.

No seu ponto de vista, o que a Fever pode trazer de diferente com relação à produção de conteúdo adulto?

Dread Hot: Como na resposta acima, a ideia da Fever além de excitar o telespectador, é educar sexualmente. Hoje, os adolescentes assistem pornografia antes mesmo de ter sua primeira relação sexual.

Então, o que queremos trazer de diferente em relação a produção é isso, sentimentos novos e um olhar totalmente ético pro sexo.

Fever Films

Quais os atores e atrizes que estão trabalhando com vocês?

Alemão: A principio tivemos a ideia de formar um time de atores, que seriam as nossas principais estrelas das produções da Fever. Temos no nosso casting: Alemão, Dread Hot, Emme White, Nego Catra, Mário e Mia Linz. Mas ja trabalhamos com outros atores do mercado como Patty Kimberly, Lis, Loupan, entre outros.

Como está funcionando a parte de criação e direção? Vocês mesmos preparam tudo? Quem dirige? Como funciona por trás das câmeras?

Dread Hot: Como nossa produtora é nova, a equipe é bem enxuta. Somos em dois sócios, Dread Hot e Digital X, tendo como funcionários: Eu, Alemão, Julie K e Lucas FDS. Todos escrevemos e dirigimos, a gente quer tentar manter diversos olhares pros filmes.

Além disso, dividimos em: eu e a Julie na produção, cenografia e arte e o Alemão e Lucas, na direção de fotografia e pós.

Fever

No nosso ponto de vista, o pornô nacional está amadurecendo e aumentando seu leque de produções nos últimos anos, com novas produtoras, criadores independentes de conteúdo, bons canais nas plataformas online. Como você vê o mercado do pornô nacional atualmente?

Alemão: Vejo realmente gente produzindo conteúdos bons nos últimos anos. Acho que essa tendência dos criadores de conteúdo independentes também trouxeram uma visão nova para as produtoras já que reforça mais o sexo amador e real. Essa é uma das nossas propostas.

Quais os próximos passos que vocês querem dar com o projeto e como tem sido a recepção do público até agora?

Dread Hot: Estamos muito felizes com esses 5 meses de Fever, a galera do Brasil nos abraçou e só recebemos comentários positivos até agora. Já conquistamos um espaço bacana no Brasil e a ideia é expandir para fora. Essa semana, 7 de nossos filmes já estão sendo vendidos no site da maior diretora de filmes adultos, a Erika Lust e, isso, pra nós, é uma grande conquista, pois ela é a nossa maior influência hoje.

Em 2020, queremos participar de festivais e concursos nacionais e internacionais. Além de produzir cada vez mais conteúdos diferentes e alternativos, abrangendo todos os estereótipos possíveis.

Fever

Quais os links dos trabalhas da Fever e redes sociais pros nossos leitores acompanharem o trabalho mais de perto?

Alemão: A Fever agora ja conta com site próprio onde você pode adquirir todos os conteúdos, o site é www.feverfilms.com.br

no Instagram a Fever se encontra Como @feverfilms e no Twitter como @feverfilmsbr .

Agradecemos o espaço aqui Edu e convidamos os leitores a conhecer nosso trabalho na Fever Films mais de perto. Grande abraço!

Veja mais sobre porno brasileiro no Testosterona



Share this...
Tweet about this on Twitter
Twitter