Estar em um relacionamento à distância é uma das coisas mais difíceis. Sabe porque? Tem que haver comunicação e, mais importante, tem que haver confiança. Sem um dos dois, se relacionar assim é uma receita para o desastre. Por isso, vamos te ajudar com algumas dicas. Afinal, você não precisa desistir do seu mozão só porque ele mora longe.

Passo 1: Tenha um plano

Estabelecer expectativas é o primeiro e mais importante passo para manter um relacionamento à distância. Não importa se você está no mesmo fuso horário ou em lados opostos do mundo, é melhor conversar um com o outro sobre expectativas realistas em termos de comunicação e visitas.

Não rola: prometer e não cumprir os planos.

Rola: Dê a cada um a liberdade e flexibilidade para mudar planos, mas também enfatize a importância de estabelecer expectativas.

Cada casal que está em um relacionamento de longa distância tem suas próprias necessidades, desejos e expectativas, e é preciso tempo e paciência para descobrir o que funciona melhor para cada casal. A comunicação precisa estar no ponto em termos de expectativas em torno do contato diário/semanal, e o que acontece se um indivíduo está mais ocupado do que o outro e tem menos tempo para se dedicar ao contato, visitas e como o conflito será gerenciado.

Perguntas a considerar: Com que frequência vamos conversar? Por quanto tempo? Quão frequentes serão as visitas? Como as visitas serão pagas? Se houver uma briga, quais são nossos acordos sobre desligar ou não responder a textos?

 

Passo 2: Coordenem suas agendas

Para muitos casais, estar em um relacionamento à distância não é um desafio: é exatamente o que faz o relacionamento funcionar. Mas todos estes casais devem tentar coordenar os horários para que seu parceiro tenha tempo para se sentir como a prioridade.

Não rola: ligar para seu parceiro no meio de outras sete tarefas ou programar sua conversa para o final da noite, quando você sabe que provavelmente estará exausto.

Rola: verifique se você está na mesma página sobre quando a comunicação será significativa e priorizada.

Entre em um ritmo de comunicação com seu parceiro que seja confortável para ambos. E fale sobre sua rotina, o que te fez sorrir ou te deixou p da vida. Faça a pessoa sentir como se estivesse do seu lado, mesmo estando do outro lado do mundo.

 

Passo 3: Chamada de Vídeo

Quando se trata de relacionamentos, a tecnologia pode certamente ser um assassino silencioso – sabe aquela história de stalkear a ex? – mas também pode ser um salvador de relacionamentos. Com mais maneiras de se comunicar agora do que nunca, sua namorada pode morar em Bangkok, mas pode parecer que ela está na mesma sala. O bate-papo por vídeo é uma das maneiras mais eficazes de criar intimidade em relacionamentos à distância.

Não rola: stalkear os amigos ou seguidores de outras pessoas importantes e criar histórias na sua cabeça sobre como eles podem ter conhecido essa pessoa.

Rola: Arranjar tempo para olhar um ao outro nos olhos.

A tecnologia pode te ajudar a manter um relacionamento sexual também, porque, vamos combinar, você vai ficar com tesão e sozinho muitas, muitas noites. Faça isso por telefone, ou melhor, com vídeo.



Compartilhe
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter