Home Sex Workers Como se tornar uma camgirl – Dicas de quem trabalha no ramo

Como se tornar uma camgirl – Dicas de quem trabalha no ramo

Correndo o risco de começar a falar e não parar nunca mais, pois striptease virtual é o que eu faço há quase 7 anos, resolvi escrever um passo a passo sobre como se tornar uma webstripper. Então vem comigo que hoje você vai aprender como se tornar camgirl.

Quero ser camgirl, e agora?

Muitas pessoas me procuram com diversas dúvidas sobre camming, e eu sei bem o que é começar na área sem ter referência.

Como se tornar camgirl

Modelo de Webcam / O que é ser camgirl?

O striptease virtual é um segmento do ramo de entretenimento adulto que se diferencia pela personalização virtual de interação com o público. Ou seja, não há contato presencial, tampouco físico, e a interação com o cliente é feita individualmente e principalmente pela webcam por transmissão ao vivo.

Claro que existe a possibilidade de fazer shows para vários usuários ao mesmo tempo, mas o principal diferencial é a proximidade do público com a modelo.

Como se tornar camgirl

Do que precisa?

Como se tornar camgirl

Ser maior de 18 anos é essencial.

É importante ter acesso a uma conexão estável de internet, pois quedas inesperadas de conexão ao longo da sua transmissão podem prejudicar seus rendimentos e seu relacionamento com o usuário.

  • Dica: Conectar o cabo do modem direto no seu computador ao invés de usar o wifi deixa a sua conexão mais rápida e estável.

Iluminação e cenário também são importantes. Mesmo que simples, faça testes de luza em seu ambiente e mantenha o cenário organizado.

A transmissão pode ser feita por um computador com webcam (recomendo a Logitech C920), ou mesmo pelo celular

Não é necessário preocupar-se obsessivamente com roupas, maquiagem e brinquedos eróticos. Ter opções é ótimo para agradar o maior número de pessoas, mas não deixe de ser você mesma e de priorizar em seus chatas as coisas que você mais gosta, isso irá seleciona o seu tipo de público pouco a pouco.

Quero ser camgirl, onde transmitir?

  • A modelo pode fazer sua transmissões por conta própria, utilizando plataformas que permitem streaming, como Whatsapp e Skype, e anunciando em redes sociais ou criando seu próprio site.
  • Outra forma de transmissão é contratar uma plataforma para intermediar o serviço, ou seja, você paga uma porcentagem dos seus ganhos, fica online quando quiser, e o site contratado se encarrega da publicidade e do meio de pagamento.

No Brasil as duas principais plataformas usadas pelas camgirls, o Câmera Privê e o Câmera Hot. Se você fala inglês, no exterior existem inúmeras opções.

Cada plataforma funciona de um jeito e possui suas ferramentas, então vale a pena pesquisar quais você mais gosta, ou mesmo testar algumas plataformas no início pra identificar quais são compatíveis com a sua preferência.

Quero ser camgirl, como se divulgar?

As modelos, mesmo quando estão vinculadas à uma plataforma de intermediação, costumam divulgar seus serviços pra aumentar o seu número de clientes. Isso pode ser feito em redes sociais como Instagram, Twitter, ou mesmo trocando conteúdo com youtubers, e blogs, como o Testosterona ;)

Pra criação de banners ou catálogos eu recomendo o Canva como ferramenta.

O que não pode?

O striptease virtual abrange desde uma conversa inocente à transmissão do ato sexual em si. Sendo voltado para o público adulto, é proibido interagir com menores de 18 anos. Por isso, se a modelo estiver transmitindo em uma plataforma de intermediação, é necessário enviar documentação de qualquer acompanhante que aparecerá em show, e além disso, deve ser negado o atendimento caso o usuário se identifique menor de idade.

Vida de camgirl não é bagunça, há uma série de regras que devem ser seguidas expressas no contrato. Os sites proíbem práticas ilegais ou ofensivas, como zoofilia, mutilação e uso de drogas ilícitas.

Outras formas de lucrar

Ainda que o trabalho de camgirl seja voltado para a transmissão ao vivo, há muitas formas de ganhar dinheiro na profissão. As próprias plataformas dispõem ferramentas para diversificar os lucros, como álbum de fotos e vídeos, mensagens de texto ou stories (como o do instagram) pagos.

Há uma procura crescente por vídeos personalizados (vídeo feito exclusivamente para o cliente que comprou). Dessa forma, a modelo não fica restrita a estar online para obter lucro.

Como se tornar camgirl

DICAS DA AURORA – Como se tornar uma camgirl

Tenha certeza antes de começar

O striptease, mesmo que virtual, ainda é alvo de muito preconceito no Brasil. Mesmo se protegendo ao máximo (a modelo não é obrigada a mostrar o rosto nem utilizar o áudio) há possibilidade de ser reconhecida ou ter imagens vazadas.

Você é dona do seu negócio

Assim como o dono de qualquer empresa, é necessário ter postura. Saiba dizer não para o que não te agrada e seja educada independente da conduta do seu cliente. Há diversas opções (bloquear, expulsar da sala” de encerrar o contato com o usuário sem perder a postura profissional.

Isso diz respeito também às redes sociais. Seu perfil é profissional, ele serve como um portifolio da sua imagem e personalidade. Entrar em discussões desnecessárias, ser desrespeitosa com outras pessoas e militar politicamente é atirar no próprio pé.

Não se trata só de putaria

Como se tornar camgirl? Ser webstripper vai muito além da nudez. Tirar a roupa é parte da profissão mas dificilmente fideliza clientes ou traz grandes lucros, é essencial saber conversar. Como foi dito anteriormente, o diferencial é a interação com a modelo.

Transparência

Não venda o que você não pode oferecer. Existem muitos tipos de modelos (as que gostam mais de fetiches, as que preferem o estilo “namorada”, as que gostam mais da masturbação em si, etc) bem como existem muitos tipos de usuários. Se você não gosta do que faz, dificilmente vai fazer bem. Ser sincera sobre o que você gosta e está disposta a fazer vai selecionar o seu público com o tempo.

Leu até aqui e resolver que quer ser uma camgirl?

Seja bem vinda! O striptease virtual é uma área muito interessante e altamente lucrativa.

Eu sou a Aurora, trabalho no Testosterona e no Câmera Privê desde 2014, e recomendo muito a plataforma pela confiabilidade e qualidade do serviço prestado.

Para se tornar uma camgirl é só acessa o Câmera Privê e se inscrever, o cadastro é bem intuitivo e rápido.

COMENTE JÁ

Mais posts pra você