Home Sex Workers Inculta – Inovando o closed friends!

Inculta – Inovando o closed friends!

A Inculta já era exibicionista e viu em seu prazer uma forma de fazer uma renda extra durante essa quarentena. Ela criou um “Closed Friends” no Twitter! Essa tática certamente já é bastante utilizada por outras sex workers e famosas no Instagram, mas foi a primeira vez que vi alguém fazendo isso no Twitter, que aliás, é uma rede muito mais amigável aos nudes e pornografia. Esse ser jurássico que vos escreve achou a ideia genial e tinha que bater um papo com essa milf deliciosa! Mas você também vai poder conhecer um pouco mais dela a seguir…

Em primeiro lugar Inculta, conta um pouco pra gente da sua trajetória, há quanto tempo você trabalha com produção de conteúdo adulto e como você entrou neste ramo?

Bom, trabalho mesmo, tem um pouco menos de 1 mês. Mas sempre gostei de postar fotos sensuais, sem revelar nudez, usando lingeries e brincando com o imaginário masculino. Aliás, postava aleatoriamente no meu perfil e esse ano, resolvi transformar esse prazer em trabalho. Pensei: por que não unir o útil ao agradável? Em uma conversa com o Pablo (@solazex) acabei decidindo fazer isso e ele me ajudou muito. Criei o perfil Inculta Para Maiores e comecei a postar.

É muito comum vermos o “closed friends” no Instagram, mas você criou essa modalidade no Twitter, de onde surgir essa ideia?

Inculta: A ideia de criar um perfil para assinantes no Twitter, surgiu porque eu queria simplificar. Contudo a grande maioria dos meus seguidores já conheciam esse trabalho, que era gratuito. Mas como me viam sempre com roupas ou lingeries, pensei em me mostrar de uma forma que eles nunca viram. No Instagram tinha o risco da conta ser derrubada e ia ser trabalhoso abrir outra conta, chamar os seguidores de volta, divulgar. Meu tempo é bem apertado. Então criei esse perfil: Simples, prático, fácil e sem burocracia.

O que você mais gosta no seu trabalho como Web Model? E o que você não gosta? Hoje já é sua atividade principal?

Inculta: Acho que não tem o que eu não gosto. Minhas fotos são 100% amadoras, feitas com celular e um ring light. Eu acordo bem cedo, pois sou mãe e faço as fotos enquanto meus filhos dormem. Zero produção, sem roteiro. Em suma, tomo meu café, penso em como poderia me fotografar, tiro a roupa e brinco com a câmera. Adoro isso. Tem dia que estou inspirada e até me surpreendo. E não, não é minha atividade principal.

Como é para você a sensação de ser desejada por tantos homens? Inculta. você se considera exibicionista?

Olha, é maravilhosa, é tudo de bom. Surpreendentemente quando eu tinha 18 anos, achava que uma mulher de 40/50 poderia ser considerada uma mulher velha. Grande engano! A mulher de 40/50 está no auge da sua libido, sensualidade… Ser desejada nessa idade só reforça que sim, mulheres maduras também são lindas e poderosas.  😈  Sim, sou uma exibicionista 😉

Como é seu dia a dia e sua rotina de trabalho? E quando não está trabalhando, o que você gosta de fazer nas horas vagas Inculta?

Meu dia a dia é corrido. Pois com essa pandemia, saí do meu trabalho, fiquei muito tempo parada e consegui um home-office. Conciliar casa, trabalho, filhos, aulas online, bichinhos de estimação, seguidores do privado não é brincadeira. Acordo as 5:30hs, tomo meu café da manhã, penso nas fotos que irei fazer, (sim, eu faço as fotos / vídeos bem cedo, edito e posto) ligo a câmera e faço vários clicks. Escolho as melhores para postar. Dou uma ajeitada na casa, acordo meus filhos, dou café e começo a trabalhar. Eu só consigo parar mesmo lá pelas 22hs. Nas horas vagas eu assisto filmes, séries, qualquer coisa que me deixe relaxada.

Você faz um planejamento para criação dos seus conteúdos ou faz por prazer e deixa o instinto te levar durante as gravações?

Inculta: Eu faço por prazer. Gosto de achar ângulos que me favorecem. Fico admirada como um ângulo bom faz milagre. Deixo o instinto me levar.

Você trabalha com a produção de materiais personalizados também Inculta? Se sim, recebe muitos pedidos inusitados por parte dos seus fãs? Lembra-se de algum curioso que possa nos contar?

Eu tentei, mas não me sobra tempo para me dedicar a conteúdo exclusivo. Pego um ou outro para fazer, que não tire minha intimidade com a câmera, pois gosto da liberdade de filmar e fotografar o que eu quero. Quando me pedem algo, perco toda a minha naturalidade. Assim sendo, acabo não gostando do que vejo e apago e não, nunca me pediram nada inusitado. 🤣

O que mudou na sua vida depois que você passou a trabalhar como WebModel? As pessoas próximas a você te apoiaram?

Inculta: Como ainda é recente, não mudou quase nada. Só ganhei seguidores lindos, que me respeitam, me tratam muito bem e sempre muito carinhosos. ❤️ Amigo(a)s próximos me apoiaram muito, mas na família não. Ninguém gostou, ninguém aceitou. Mas eu sou sozinha e Dona da minha vida. Mas continuo fazendo o que gosto, pagando minhas contas, e não dependo de ninguém. Não espero aprovação de ninguém. É sofrido no início, sempre tomei na cara por fazer o quero e vou morrer assim.

Já teve algum fato inusitado durante as gravações ou produção dos seus conteúdos que possa compartilhar conosco?

Inculta: Sempre tem. Tenho gatos. Gato é o bichinho mais curioso que existe. Não posso fechá-los em algum lugar que ficam miando, então estão sempre comigo enquanto faço minhas fotos. Estava fazendo um vídeo, de costas. Quando fui ver como fiquei no vídeo, vi um gato deitando bem em frente a lente e lá ficou. Ou seja: quase 2 minutos de vídeo para o ralo.

Além de WebModel no Twitter, você pretende expandir seus conteúdos para outras plataformas, como Onlyfans, Xvideos e PornHub?

Inculta: Eu acho que não. Mas “nunca diga nunca”.

Apesar de trabalhar com conteúdo erótico, você curte assistir pornô também? Algum tipo preferido Inculta?

Já curti muito, hoje em dia não. Me excito mais vendo uma cena quente em filme romântico, do que o explícito.

Da mesma forma, o que te excita na hora do sexo e o que alguém precisa ter para chamar a sua atenção?

Inculta: De fato o que mais me excita é o desejo que ele está sentindo por mim. A respiração ofegante, “a fome”. Não sei o que chama minha atenção. O santo tem que “bater”.  Pode ser lindo, cheiroso, gostoso, mas se a conversa não fluir, ou ficar mecânica, não vou.

Tem algum sonho que você ainda deseja realizar? Você tem alguma sex worker que te inspire?

Inculta: Ah meu querido… Tenho tantos, mas vou precisar de mais uma vida na terra pra conseguir realizar pelo menos a metade. MUITAS!!! Mas só vou citar a @ElaFitV que conheci a pouquíssimo tempo, adorável e lindíssima. Queremos fazer um trabalho juntas, futuramente.

Que dicas você Inculta, daria pra uma garota que está pensando em se tornar uma Sex Worker ou mesmo só para mulheres, homens ou casais que desejem explorar mais seu lado exibicionista?

Tenha certeza do que quer. Entretanto, tenha segurança no que está fazendo, suporte jurídico também pode ser essencial por que o que não falta é gente querendo aprontar. E se tiver prazer no que faz, é só alegria! \o/

Por fim, muito obrigado pela atenção e carinho de nos receber Inculta, o espaço é todo seu, deixe um recado final para nossos leitores.

Eu que agradeço você pela entrevista e ao Blog Testosterona pela oportunidade! ❤️ A vocês leitores, só uma coisa a dizer: as pessoas sempre irão te julgar, denegrir, difamar… Então libertem-se e não tenham vergonha de ser quem você é. A única aprovação que você precisa é a sua. Viva pra você. Não espere chegar numa idade avançada e pensar: eu poderia ter feito tantas coisas, mas a sociedade iria reprovar. Que se dane. Tome um porre, faça uma foto pelada, se jogue de um Bungee jumping, se joga para vida. Ela é rara e curta. ❤️❤️

COMENTE JÁ

Mais posts pra você