Home Sex Workers Lis – Ela te ajuda DECOLAR como Camgirl!

Lis – Ela te ajuda DECOLAR como Camgirl!

Desde 2016 trabalhando como camgirl, a PinkAngel Lis, ou apenas Lis como gosta de ser chamada, nesse ínterim já adquiriu muita experiencia. Por isso resolveu lançar um projeto para ajudar outras sex workers a decolar na carreira no camming. Hoje este ser jurássico que vos escreve, bate um papo sobre um assunto que interessa tanto a profissionais da área como para todos aqueles que desejam apoiar modelos que estão começando…

Primeiramente Lis, conta um pouco para nós da sua trajetória, há quanto tempo você trabalha com produção de conteúdo adulto e como você entrou neste ramo?

Comecei no camming em 2016 por curiosidade, eu não imaginava e nem acreditava que isso poderia se tornar o que se tornou na minha vida. Só queria um lugar para liberar minhas fantasias e me sentir desejada, mas fui surpreendida com tudo que vivi ao longo desses anos. Hoje já encerrei carreira no mercado brasileiro e estou somente em plataformas internacionais, no futuro pretendo ficar somente nos bastidores ensinando tudo que aprendi a mulheres que querem ingressar nesse mundo.

Como é seu dia a dia e sua rotina de trabalho?

Lis: Hoje é bem tranquila porque já estou em outra fase, tenho estabilidade financeira e não preciso mais ficar na loucura do dia a dia como uma camgirl que está começando fica. Mas no início era uma rotina insana, ficar online, responder e prospectar clientes, produzir conteúdo, editar, cuidar das redes sociais etc.

Lis, hoje a produção de conteúdo adulto já é sua atividade principal?

Na verdade, nunca foi minha atividade principal, eu tenho formação e especialização em outra área e era mais um motivo para ser bem corrido meu dia a dia. Mas sei que muitas meninas vivem somente do camming sem precisar de nenhuma outra renda.

Lis

Defina, em síntese, o que é ser camgirl para você, além da sua profissão, mas também é um estilo de vida?

Lis: Sou muito realista, não fantasio coisas e nem sou sonhadora, isso é da minha personalidade mesmo. Eu entrei, vi uma oportunidade e soube aproveitar, poderia ser em qualquer outra área. Não encaro como estilo de vida, mas sim uma profissão como qualquer outra, que tem suas vantagens e seus problemas também.

O que você mais gosta no seu trabalho como Camgirl? E o que você não gosta?

Lis: Gosto muito de poder trabalhar no conforto da minha casa, com segurança, definindo meus próprios horários, sem ninguém para me “encher o saco”. Além de poder conhecer pessoas novas todos os dias, já que sou muito comunicativa, amo conversar e interagir. Para mim foi uma combinação perfeita.

Não gosto de ter que ficar me desdobrando para manter meu anonimato, foi uma opção pessoal minha não revelar minha identidade, mas isso me dá muito trabalho, se preocupar o tempo todo com os mínimos detalhes é bem cansativo.

Lis

Lis, já sofreu preconceito por exercer essa atividade? Como lidou com isso?

Nunca, nem em redes sociais e nem em minhas salas de transmissão. Mesmo que tivesse acontecido eu acredito que lidaria bem com isso, é muito difícil algo que um terceiro faça ou fale e que eu saiba que não é verdade, me desestabilize.

O que mudou na sua vida depois que você passou a trabalhar como camgirl?

Lis: Além de me sentir mais, linda, sexy e passar a conhecer meu corpo, com certeza foi minha independência financeira, poder conquistar coisas e sonhos que demorariam bem mais sem o camming.

As pessoas próximas a você te apoiaram? Você está em um relacionamento no momento?

Sim, estou. Ninguém sabe, exceto meu namorado por questões de sinceridade no relacionamento.

Para a Lis, o que é ser sensual e como é a sensação de ser desejada por tantos homens?

Para mim não tem nada mais sensual do que ser inteligente, claro que a aparência importa e sou a favor de cuidar do corpo e da imagem, mas ser inteligente, saber conversar sobre vários assuntos diferentes, ser simpática e bem humorada, isso sim é sexy. Ah! E sim, eu amo ser desejada.

Além disso, pretende expandir seu conteúdo para outras plataformas, como o Xvideos e Pornhub? Lis, você recomenda trabalhar com a produção de streaming além do camming?

Xvideos e Pornhub não são muito meu estilo, recentemente eu fiz cadastro no Onlyfans e estou testando para ver se vou curtir. Com certeza, tudo que é digital e virtual está em alta e será o futuro sem dúvidas. Mas é importante saber o que está fazendo, estudar bem o nicho que quer trabalhar e se dedicar. Porque como qualquer outra coisa tem que ter profissionalismo, senão será só mais um na fila do pão.

Entretanto, além do camming você produz materiais personalizados?

Lis: O único lugar que eu ainda faço conteúdo personalizados é no celeb.tv e agora vou fazer no Onlyfans. Mas fora dessas das plataformas eu não faço mais.

Já teve algum fato inusitado durante as gravações que possa compartilhar?

Tirando as vezes que tive que sair correndo e escondendo os paus de borracha porque chegou gente na minha casa, não. 🤣

Qual o lado mais divertido e positivo de ser sex worker e trabalhar com conteúdo adulto?

Mais divertido é acompanhar os posts no twitter, é um nicho muito engraçado, talvez pelo fato da maioria não interagir com suas contas reais (aquela que a família vê) as pessoas ficam livres e não pensam muito para fazer e escrever as coisas.

Já dentro das plataformas o mais divertido é passar o tempo em companhias agradáveis, como se eu estivesse em um bar com um amigo, tomando cerveja, batendo papo, só que no final é o garçom que me paga, tem coisa melhor que isso? 🤣

Lis

Que dicas a Lis daria para uma garota que está pensando em se tornar uma Sex Worker?

Não caia em falsas promessas de que tudo aqui são flores e que você irá ficar rica da noite para o dia. Algumas conseguem, mas não quer dizer que foi fácil, que não precisou de dedicação e muito trabalho. ESTUDE, pelo amor de Deus, parem de achar que é só tirar a roupa e ganhar dinheiro, porque não é. Você só se tornará diferenciada estudando, sem contar que isso aqui é uma profissão com data de validade, então tenha um plano B.

Lis fala um pouco mais sobre seu projeto de ajudar a decolar a carreira de Camgirls iniciantes, fiquei sabendo que você pretende lançar um E-book, certo?

Então eu abri um instagram recentemente onde eu produzo conteúdos voltados a mulheres que querem começar como Camgirls. Eu resolvi fazer isso porque quando eu comecei eu tinha muitas dúvidas e não tinha ninguém para me auxiliar. Sem contar que quando eu me aproximava de camgirls veteranas, elas repeliam, porque achavam que eu queria aprender para depois tomar os clientes delas. Nesse meio existem muitas desavenças, porque envolve três coisas explosivas: Mulheres, Vaidade e Dinheiro.

Então agora que estou encerrando minha carreia aos poucos, quero ficar nos bastidores, ensinando tudo que aprendi dando cabeçadas igual uma mula velha. 🤣 Quero que as mulheres tenham um lugar para se orientar, mas não se engane, eu não sou boazinha não, eu vou ajudar, mas vou dar puxões de orelha quando precisar, porque eu quero aquelas que estão a fim, com vontade mesmo, o resto nem precisa ir lá me seguir. 🤣

Quanto ao e-book, ele acabou de ficar pronto e estou disponibilizando lá no instagram para quem me segue, interage com meus conteúdos e participa das minhas lives. O nome do E-book é: “Primeiros passos para se tonar uma camgirl”.

Além do E-book, podemos esperar um curso on-line a respeito?

Tudo está muito recente, estou na fase de criar um relacionamento com a audiência, ver se o e-book faz alguma diferença real para essas mulheres e ai sim posso pensar em fazer algo mais denso. Porque eu não quero ser uma enganação, eu quero realizar uma mudança real na vida dessas meninas.

Aliás, no final do e-book eu pergunto exatamente isso, se elas querem algo a mais, prefiro fazer as coisas com calma e por etapas. Mas se eu sentir que existe a possibilidade eu vou fazer com muito carinho.

Como você vê a mudança do mercado adulto e do camming no Brasil e no mundo?

Muita coisa mudou desde que eu comecei, mas ainda vejo como um bebê gatinhando e acho que tem potencial a ser desenvolvido.

Quais oportunidade de nicho e de clientes você vê que podem ser atendidas por ser workers iniciantes?

Vivemos em um mundo extremamente carente de atenção e eu acho que as sexyworkers não focam em relacionamento, em conexão, ficam somente na parte erótica e pornográfica do nicho. Com certeza a oportunidade para as iniciantes é saber dosar as duas coisas.

O que as pessoas vão encontrar na sua sala da Lis no Testosterona CAM? Por fim, Lis, muito obrigado pela atenção, o espaço é todo seu, deixe uma mensagem para nossos leitores e onde encontrar seu conteúdo.

Para os homens eu digo que na minha sala vocês encontrarão uma menina, alegre, divertida, que gosta de homens bem humorados, gentis e com uma boa dose de safadeza. Fico online alguns dias da semana e sempre de dia. Podem me seguir também no www.twitter.com/pinkangel_lis já tenho mais de 50 mil safados por lá. 😈

Já para as mulheres que querem conhecer mais desse mundo maluco que é o camming me sigam no  www.instagram.com/aprendizdalis eu sempre deixo minha caixinha de perguntas aberta para consultoria grátis, além de muito conteúdo que já está disponível no feed e nos destaques.

Para o Testosterona eu deixo meu muito obrigada pelo convite para essa entrevista!

Beijos da Lis. 😘

TESTOSTERONA CAM

O portal de camgirls do Testosterona conta modelos brasileiras e estrangeiras!

Gostou do post com a PinkAngel Lis? Então clique aqui e conheça o Testosterona Live Cams!

COMENTE JÁ

Mais posts pra você