É uma verdade reconhecida em todo o mundo: a maioria dos caras amam seios. Sejam eles grandes ou pequenos, rígidos ou ligeiramente flácidos, reais ou cirurgicamente aprimorados, os peitos são incrivelmente incríveis e eles são muito divertidos de se brincar. Então você provavelmente quer saber como brincar com eles de uma maneira prazerosa para você e, claro, para sua parceira.

Felizmente, há uma resposta muito simples para essa pergunta: basta perguntar a ela. Embora muitas mulheres adorem de brincadeiras nos seios durante o sexo (na verdade, há evidências que algumas mulheres sortudas podem ter um orgasmo somente com a estimulação do mamilo), não são todas que curtem. Descobriu que ela curte? Também deve-se ir com calma pra ver qual é a praia dela.

1. Fale besteiras

De acordo com um estudo da UCLA, as mulheres que estão insatisfeitas com o tamanho dos seus seios são 16 vezes mais propensas a esconder seus seios durante o sexo. O que é uma pena, já que você não quer apenas ver seus seios, mas também que ela se sinta segura e com vontade. Então o que pode ajudar é elogiá-la sobre seus seios no início das preliminares. Pode ser uma coisa simples, como: “Uau, seus peitos são incríveis”.

 

2. Não vá para o mamilo imediatamente

Mamilos variam muito em termos de sensibilidade, por isso, se você não tem certeza do que ela gosta, é preciso trabalhar o seu caminho até a estimulação do mamilo. Comece gentilmente acariciando ou massageando o seio. Alterne com beijos leves no pescoço, lóbulos das orelhas e clavícula. Isso ajudará a construir a antecipação e a deixar querendo mais.

 

3. Concentre-se na aréola

Quando você sentir que ela está pronta – e se ela estiver fazendo muito barulho ou se contorcendo de prazer, ela provavelmente está pronta – vá para a aréola, o círculo de cor escura que envolve o mamilo, que é na verdade mais sensível que o próprio mamilo. Delicadamente, acaricie o mamilo e circule a aréola com um dedo, ou circule o mamilo com o polegar e o indicador.

 

4. Envolva sua boca – mas seja gentil

Se ela estiver se divertindo, use a língua para desenhar levemente círculos ao redor do mamilo. Se o mamilo estiver ereto, passe-o suavemente com a língua algumas vezes antes de colocar lentamente o mamilo na boca. Alterne entre lamber e chupar o mamilo. Depois de um tempo, você pode dar um tempo para sua boca e voltar suavemente circulando e acariciando seus mamilos – ela pode aproveitar a pressão variável.

 

5. Não morda – a menos que ela peça

Mesmo se ela estiver se contorcendo e gemendo de prazer, você não deve se deixar levar e morder ou puxar o mamilo sem o seu consentimento. Se você sentir que ela pode gostar, pergunte: “Você quer mais?” ou “mais forte?” antes de mordiscar ou puxar o mamilo. Enquanto algumas mulheres realmente gostam de brincadeiras brutas, outras não, e você não quer interromper o seu prazer ou o dela cruzando essa linha sem consentimento.

 

6. Não balance, aperte ou bata

A grande parte da sensibilidade mamária está concentrada no mamilo, ou seja, sacudir os seios fará literalmente nada para a maioria das mulheres. (É também por isso que colocar o seu pênis entre os seios, embora pareça legal e divertido para você, provavelmente não é a atividade favorita da sua parceira). Quando se trata de brincar com seios, geralmente é melhor ser gentil e trabalhar do seu jeito. Se parecer que ela quer mais forte, vá aos poucos conhecendo o terreno.

 

7. Diferentes tipos de seios gostam de diferentes coisas

Em um estudo realizado na Universidade de Viena, os pesquisadores descobriram que seios grandes são cerca de 24% menos sensíveis do que os pequenos. Isso ocorre provavelmente porque o nervo que transmite a sensação do mamilo é esticado. Portanto, se a sua parceira tiver seios maiores, você pode gastar mais tempo estimulando os lados externos dos seios, logo abaixo das axilas, com a língua ou com as pontas dos dedos. Da mesma forma, se ela estiver grávida, amamentando ou menstruada, seus mamilos ficarão mais delicados.

Leia também