Quando o assunto é ter e dar prazer na hora do sexo, é aquela boa e velha história: ajudinha extra não faz mal a ninguém, certo? Ainda mais quando essa ajuda é profissional, de quem entende do assunto e de graça. E esse é o caso aqui. Foi pensando nisso que a jornalista e educadora sexual Aline Castelo Branco decidiu começar a dar cursos sobre sexo voltado para homens e a bola da vez é como dar prazer à mulher.

“Eu não quero que esse homem foque apenas no sexo e sim, em compreender como é o universo feminino. Como a mulher pensa, o que ela gosta e, principalmente, como agir na relação como um todo”, explica a jornalista.

Como funciona o curso:

No workshop, os caras vão aprender a forma certa de se comunicar com as mulheres, como romper crenças e ser mais autoconfiante, o ciclo de resposta sexual e os orgasmos e como atingir o prazer que os dois tanto desejam. Tudo é baseado na teoria da sexualidade, com técnicas de programação neolinguísticas. O conteúdo também é disponibilizado em vídeo, ebook  e exercícios.

“Não tem coisa pior para a mulher do que conviver com aquele homem, que não nos dá atenção, não tem cuidado, não se preocupa com os nossos desejos. É difícil explicar, para o próprio homem, essa sensação de perda. Porque a gente perde quando nossa relação vai de mal a pior. Principalmente, quando não conseguimos chegar lá. Ao tão sonhado orgasmo!”, diz a educadora sexual.

Aline ainda, durante o workshop, desmistifica alguns mitos que são as principais crenças de muitos homens: “ A maioria dos caras pensa que ter um pênis grande é garantia da mulher está gostando do sexo ou de que ficar socando o pênis com tanta força vai fazer a garota atingir o orgasmo mais rápido. Nada disso tem tanta eficiência quanto saber entender o corpo feminino e nossas reações. Hoje em dia a mulher está cada vez mais exigente e quem não aprende a deixa-la louca na cama, vai ter uma pessoa infeliz ao lado, mau humorada, briguenta, sem desejo sexual”.

Workshop começa a partir do dia 16 e vai até dia 22 de julho. Se ficou a fim de aprender um pouco mais sobre a sexualidade feminina, se inscreva aqui. A gente promete que vale a pena!



Leia também