Home Sexo 7 dados sobre sexo de uma pesquisa com brasileiros (o último é chocante)

7 dados sobre sexo de uma pesquisa com brasileiros (o último é chocante)

Se você decidisse descobrir dados sobre sexo através de uma enquete com seus amigos, o que você encontraria? Talvez uma frequência sexual nas alturas, uma quantidade enorme de parceiras e um nível intenso de satisfação sexual. Isso porque quando o papo entre amigos é sobre putaria, temos uma tendência a dar uma turbinada nas histórias que contamos (eu sei que você já fez isso!). 

SEXO

Pesquisa sobre sexo com brasileiros

No entanto, uma pesquisa recente propôs derrubar alguns mitos envolvendo esses dados sobre sexo. Através de um questionário online, a Rati Educação, uma startup que oferece cursos de sexualidade, pediu aos participantes que respondessem de forma anônima perguntas sobre sua intimidade, satisfação sexual e outros aspectos, como masturbação, fetiches e preferências ao escolher pessoas para transar. Alguns resultados são bem interessantes e nos ajudam a pensar fora da caixinha sobre a vida sexual das pessoas.

Selecionamos os 7 dados sobre sexo mais interessantes dessa pesquisa, que foi feita com mais de 4 mil brasileiros e brasileiras no ano de 2021. Vale muito a pena ler o relatório completo, intitulado Rati Report. Ele pode ser baixado através deste link.

Dados sobre sexo nº 1 – A nota média da vida sexual do brasileiro é 6,4

dados sobre sexo

Diante da pergunta: “de 1 a 10, o quanto você está feliz com a sua vida sexual atualmente?”, a maior fatia (21%) deu nota 8 para a felicidade sexual. Quase 7% deram nota mínima e 9.27% nota máxima. A média das notas foi de aproximadamente 6,4 — ou seja, o brasileiro não está totalmente satisfeito, mas “passa de ano”. Nada mau considerando um cenário de pandemia, em que muita gente teve piora da saúde mental e consequentemente perdeu os rumos da própria vida sexual.

Além disso, a pesquisa revelou uma relação entre a satisfação sexual e a obtenção de orgasmos: 68.81% dos que deram nota dez afirmam que chegam ao orgasmo sempre.

Dados sobre sexo: nº 2 – O brasileiro ama sexo oral

dados sobre sexo

Olha lá o Brasil dando orgulho de ser brasileiro! A maioria esmagadora dos participantes (92,76%) curte fazer e receber sexo oral. Poucos responderam que curtem somente fazer (3,5%) ou receber (3,16%). O título é nosso e ninguém tira! Agora falando sério, o sexo oral é super importante para a satisfação sexual e também para a conseguir ter orgasmos durante o sexo, principalmente para as mulheres. Isso que nos faz lembrar que…

Dados sobre sexo: nº 3 – Pouco mais da metade dos homens goza em todas as transas, já as mulheres…

dados sobre sexo

Durante o questionário, os participantes tiveram que responder “na sua vida sexual, com que frequência você chega ao orgasmo?”. O apanhado geral, envolvendo homens e mulheres, é mostrado na figura acima: 53% responderam que gozam sempre e 35,71% com frequência. Ao segmentar homens e mulheres, como é de se esperar, esses dados são um pouco diferentes: a maior parte dos homens, (56.5%) chega ao orgasmo sempre, contra 24% das mulheres. 

A maior parte das mulheres afirmou que chega ao orgasmo com frequência (44.6%), mas não sempre. O cenário é preocupante em relação ao número de mulheres que não chega sempre ao orgasmo, mas ainda assim aponta uma melhora quando comparado a pesquisas feitas no passado que revelaram que mais da metade das mulheres não consegue ter orgasmos durante o sexo. E aí, bora aprender a dar mais prazer para as mulheres e fazer nossa parte para melhorar essa realidade?

Dados sobre sexo: nº 4 – Por falar em homens versus mulheres, eles amam anal. Já elas…

70.42% dos homens gostam de sexo anal (desde que estejam na posição de ativos). Entre as mulheres, 42.76% não curtem a prática anal, já 35.53% gostam só como passivas e 18.64% como passivas e ativas. Muitas questões podem estar envolvidas nessa diferença, desde o fetiche pelo anal que é reforçado pela pornografia, até a falta de conhecimento sobre o tema, que leva homens a cometerem erros ao tentar penetração anal com a parceira. Mais uma vez, esse dado sobre sexo mostra que temos muita lição de casa a fazer e muito a aprender sobre sexo anal.

Aliás, precisava de pesquisa para descobrir isso? Diante da pergunta “de 1 a 10, qual é a importância do sexo na sua vida?”, o brasileiro não titubeia; a maioria (25,79%) classifica como máxima e relevância do sexo. Na média, os respondentes classificaram com nota 8 essa questão. Menos de 1% classificou como mínima a importância do sexo. Esse número reforça um dado sobre sexo já descoberto em outras pesquisas: os benefícios do sexo extrapolam o orgasmo, afinal ele é super importante para a percepção geral de felicidade e satisfação com a própria vida. 

Dados sobre sexo: nº 6 – o brasileiro não é tão liberal assim no sexo

O brasileiro pode até ser visto no exterior como liberal nos costumes sexuais, no entanto, no que diz respeito a ménages e swings, essa imagem fica apenas nas aparências segundo a pesquisa. A maior parte (78.64%) afirmou que nunca inclui na relação novos parceiros ou parceiras, 11.52% raramente, 7.18% às vezes e apenas 0.6% sempre. Será que o brasileiro até sonha com um ménage ou troca de casais, mas não consegue realizar? Ou será que não curte mesmo? Fica a questão.

Dados sobre sexo: nº 7 – posição política importa mais para as mulheres do que homens

Diante da pergunta “as posições políticas importam na hora de transar?”, a maior parte das mulheres (65.73%), afirmou que prefere transar com pessoas que tenham a mesma posição política que elas, contra apenas 13.39% dos homens. O resultado é um dos números mais desiguais da pesquisa no que diz respeito às diferenças entre homens e mulheres. Dentre os fatores que podem estar associados a esse resultado, é possível citar uma adoção de critérios mais rígidos pelas mulheres na hora de escolher parceiros, porque sofrem pressão para não curtir sexo casual. Ou até mesmo por questões de segurança envolvidas em se relacionar com pessoas de espectro político diferente. Enfim, e você, prefere que o seu match sexual seja também político? Ou não liga pra isso?

COMENTE JÁ

Mais posts pra você