O sexo é muito bom e para celebrar essa maravilha, no próximo dia 6/9 é comemorado o Dia do Sexo. Delícia, né? Mas saiba que quando o assuto é mandar bem na hora H, sempre tem muita coisa que pode melhorar.

Uma delas é a ignorância. Sabe aquele papo de que “Meu tio me contou que…”, pois bem esses são alguns dos mitos sexuais que não são verdades e só atrapalham o momento que foi feito para sentir muuuuito prazer.

 

 

Separamos 5 destes mitos que já não estão mais com nada e devem acabar:

 

1. Os homens têm mais desejo sexual

Aquele história de que um homem tem sua necessidades também vale para as mulheres, viu? As teorias científicas confirmam que o desejo surge de maneira semelhante em ambos os sexos. E as mulheres ainda podem ter orgasmos múltiplos em uma única transa. Ou seja, mito que já deu o que tinha que dar.

 

2. O lubrificante é só para o sexo anal

Falso. Lubrificante pode levar o sexo de ok para maravilhoso, já que reduz o atrito. Independente do tipo da ação que rolará hoje a noite, tornar o sexo mais “suave” e prazeroso é bom em qualquer momento ou circunstância. Já comprou o seu?

 

Veja também:

6 maneiras de comemorar o Dia do Sexo em grande estilo

Preliminares: 5 dicas para você mandar bem

O que é squirting?

 

3. O tamanho do seu pé sugere o tamanho do pênis

Se fosse tão fácil assim… mas nenhuma prova definitiva existe para esta relação que durante muitos anos foi uma verdade asoluta. De fato, um estudo com 104 homens no Reino Unido encontrou associação zero entre o tamanho do pé de um homem e o comprimento do pênis. Fica a dica.

 

4. Sexo anal não tem risco nenhum

Ok, ninguém vai virar papai ou mamãe, mas o risco de pegar uma DST pelo sexo anal é tão grande quanto de sexo normal. E isso não é brincadeira em momento algum. Não pense duas vezes e use SEMPRE camisinha.

 

5. O squirting é mentira

Para se ter uma ideia, segundo uma pesquisa de 2013 54% das mulheres já passaram ejaculação feminina ou pelo squirting durante um orgasmo. Não há dúvidas de que isso acontece e é uma das coisas mais buscadas pelas mulheres. Que tal ajuda-la nessa?

 

Descubra o que elas estão fazendo agora

Leia também