E agora, mulheres?