A ejaculação precoce é um problema que atinge muitos homens. Sim, pode ficar tranquilo que você não está sozinho, longe disso. Estima-se que de 20% a 30% dos caras sofre com o problema. Seja na mesa do bar, no trabalho ou no futebol do domingo pelo menos um amigo está passando por essa situação e mesmo não sendo o assunto mais fácil de assumir, saiba que existem muitos meios para resolver tudo de errado que rola na hora H.

O que é ejaculação precoce

Mas você sabe o que realmente é considerado ejaculação precoce? Segundo os médicos o problema é diagnosticado quando um homem goza logo após a penetração ou até mesmo antes, pesquisas dizem que isso dura entre 2 a 4 minutos. Mas não pire se isso aconteceu durante uma transa, é preciso que isso role com uma frequência para que você tenha realmente um problema.

Tipos

Você deve não saber, mas existem tipos de ejaculação precoce, veja as classificações abaixo:

  • Primária – quando desde que começou a vida sexual, o homem sofre com o problema
  • Secundária – o cara que sempre se saiu bem, mas agora está com dificuldade
  • Situacional – só acontece em uma determinada situação
  • Ejaculação precoce subjetiva – quando consegue durar mais de 2 a 4 minutos, mas não está satisfeito com a duração do sexo

Causas

A causa mais comum é o fator psicológico. Muitos homens pensam demais na hora do sexo, acabam ficando ansiosos e não conseguem ter uma boa performance, o que resulta na ejaculação precoce. E o grande problema de tudo isso é que quanto mais essa situação se repete, mais nervosos para a próxima transa eles ficam e aí já sabe, né?

Não há provas confirmadas de fatores biológicos que possam contribuir para a ejaculação precoce, mas os médicos acreditam que os seguintes podem estar relacionados:

  • níveis hormonais acima do normal
  • níveis de neurotransmissores acima do normal
  • atividade anormal do sistema ejaculatório
  • distúrbios da tireoide
  • inflamação ou infecção na próstata e na uretra
  • fatores genéticos
  • danos no sistema nervoso causados por experiências traumáticas ou cirurgias.

 

Tratamento para ejaculação precoce

O tratamento para a ejaculação precoce pode ocorrer de várias formas. Se a causa for psicológica, a mais indicada é a psicoterapia. Nesse cenário o homem vai entender o por quê não consegue manter a calma na hora do sexo e encontrar soluções para ter um maior controle. Mas se as causas forem biológicas, cada caso pede um tratamento específico que pode ajudar. O importante é sempre procurar um profissional que indicará o melhor para tratar o problema, como remédios antidepressivos ou de disfunção erétil.

 

Como evitar

Mas existem casos em que a ejaculação precoce pode ser tratada com algumas técnicas caseiras mesmo.

  • Terapia sexual: se masturbe umas duas horas antes de transar pra retardar a duração da ereção e tente descobrir novas formas de sentir prazer para assim tirar toda a pressão da penetração.
  • Técnica do aperto: durante a penetração quando sentir que está prestes a gozar, aperte a parte final do pênis (no local onde a glande se encontra com o eixo) por alguns segundos. Faça quantas vezes precisar!
  • “Parar e começar”: a técnica do “espera um pouquinho se não vou gozar” é um clássico. Se estiver muito perto e a parceira ainda não chegou lá ou vocês querem continuar, dê uma paradinha por uns 30 segundos e depois voltem.

Leia também