O fotógrafo americano Evan Baden criou uma série de imagens que simulam os bastidores de selfies eróticas, naquele famoso momento “manda nude”.

“Enquanto tiver alguém disposto a clicar em ‘enviar’, terá alguém disposto a olhar”, é o que diz o autor da compilação “Technically Intimate” (“tecnicamente íntimo”, em português), que reúne imagens muito próximas à realidade de como os nudes são feitos. Em quartos bagunçados, coloridos e com pôsters, são ambientadas em quartos de adolescentes no meio de um “sexting”, ou seja, no “manda nude”. Os “adolescentes”, na verdade, são adultos voluntários para o projeto.

Baden criou a série em 2008, depois de ler uma notícia que dizia que os casais estavam vendendo suas fitas de sexo amador. Ele ficou fascinado com o crescente papel da tecnologia na intimidade das pessoas e resolveu simular a situação.

manda-nude manda-nude manda-nude manda-nude manda-nude