Não é segredo para ninguém que o tamanho do pênis é um tema que gera muita discussão, principalmente entre os homens. Nesses papos muitas vezes a prótese peniana acaba surgindo e gerando curiosidades.

O urologista e andrologista Paulo Egydio respondeu algumas dúvidas frequentes sobre o assunto para saber de vez o que a cirurgia significa.

prótese peniana

 

Qual a função da prótese peniana?

Ao contrário do que muitos podem pensar, a necessidade de implantar uma prótese no pênis não é estética. Apesar de impactar positivamente nesse aspecto, sua função é oferecer rigidez para o ato sexual. Ou seja, ela é recomendada para pacientes com problemas na funcionalidade do pênis.

A falta de firmeza no membro pode estar relacionada à dificuldade de manter o pênis ereto ou, em alguns casos mais raros, à própria anatomia do seu amigão. A relação entre o comprimento e calibre do pênis, por exemplo, é muito importante e deve ser estudada pelo médico antes de qualquer decisão ser tomada.

Como funciona a prótese peniana, o pênis fica ereto para sempre?

As próteses penianas mais utilizadas são as maleáveis e as infláveis, e ambas solucionam o problema de ereção. Alguns homens têm dúvidas sobre a aparência que a prótese peniana vai causar, mas não se preocupe, os dois modelos permitem acomodar o pênis na posição de repouso.

O implante é composto por dois cilindros inseridos nos corpos cavernosos, as estruturas internas do pênis que se enchem de sangue e promovem a ereção. São eles que vão oferecer a resistência que o pênis precisa para o ato sexual.

As próteses maleáveis consistem em duas hastes de silicone, semirrígidas, que podem ser manuseadas na hora do sexo para dar direcionamento na penetração. Já as infláveis funcionam por meio de um bombeamento no escroto, que precisa ser pressionado algumas vezes para o enchimento dos cilindros.

É possível aumentar o tamanho do pênis com a prótese?

A prótese não aumenta, mas pode restaurar o tamanho original do pênis. Alguns problemas de saúde, como a Doença de Peyronie, Diabetes, doenças cardiovasculares e câncer de próstata, podem levar a perda de medidas do pênis.

Normalmente esses diagnósticos estão ligados, também, à disfunção erétil. E isso pode levar à necessidade do implante. A simples colocação da prótese vai resolver o problema de ereção mas não vai recuperar o tamanho peniano.

Para isso, no mesmo procedimento cirúrgico é feita a reconstrução do pênis, com a Técnica Egydio, para alongar o maior tamanho e diâmetro possível. É a expansão dos tecidos do pênis, e não a prótese, que vai trazer o tamanho e calibre de volta.

E o limite deste aumento está ligado às características de cada paciente, ao comprimento da uretra e do feixe de nervos que passa ao longo do pênis. Portanto, respondendo a pergunta desse post, a ideia de que a prótese aumenta o tamanho do pênis é um mito.

 

Veja também:

Disfunção erétil: causas, tratamentos e como evitar

5 mitos sexuais que devem acabar

Já ouviu falar no fetiche “negação do orgasmo”?

 

A prótese diminui a sensibilidade do pênis? E a ejaculação?

Não, mas para isso alguns cuidados devem ser tomados. O implante ocupa uma pequena parte dos corpos cavernosos no interior no pênis, onde está o tecido esponjoso. O cuidado necessário no momento do implante é com a preservação desse tecido, pois é ele o responsável por manter a sensibilidade, a capacidade de orgasmo, a ejaculação, além de permitir o enchimento residual do seu melhor amigo no momento da relação, mediante um estímulo sexual, claro. Quando os homens reclamam da perda da sensibilidade peniana, pênis frio como muitos chamam, a prótese pode ter sido colocada de maneira inadequada, danificando os tecidos e dificultando o fluxo sanguíneo. Portanto, muita atenção ao escolher o seu médico.

Como saber se preciso de uma prótese?

Quem deve indicar se você precisa, ou não, de uma prótese no pênis é o seu urologista. Caso você tenha algum problema de ereção, o implante pode ser uma solução. Mas vale lembrar que há outros métodos para esse tratamento. A avaliação de um especialista é essencial no processo de cura.

Como a prótese vai me ajudar, o procedimento é seguro?

O implante vai trazer a ereção de volta e dará o complemento de firmeza que você precisa. A partir daí, o homem estará apto a ter relações sexuais com segurança. O processo cirúrgico é simples, porém o caso deve ser bem estudado para atender as necessidades do paciente.

Só quem vai poder definir os detalhes do procedimento é o andrologista, por meio de uma avaliação precisa das estruturas internas, da vascularização do pênis e do grau de disfunção erétil. Entenda que mais importante que o tamanho, a funcionalidade do pênis é essencial para proporcionar uma relação sexual prazerosa para os dois lados. Se você está vivenciando problemas de ereção, isso certamente está afetando a sua vida sexual e o seu psicológico.

Pode ser um sinal que está mais do que na hora de você procurar ajuda médica, e resolver esta situação.