Não deve ser a primeira vez que você ouve essa palavra, certo? Mas o swing é um termo que gera muita dúvida e questionamentos entre as pessoas. Isso porque muita gente relaciona a palavra com poliamor ou até mesmo traição.

Vamos te mostrar o que isso realmente quer dizer e algumas dicas para quem está a fim de testar a prática.

O que é swing?

A prática do swing nada mais é do que casais que trocam de parceiros em uma transa. A prática é diferente do poliamor porque não envolve sentimentos, ou seja, é só sexo mesmo. Vale dizer que, é claro, as duas partes de que estar de acordo, mas nem sempre todos fazem sexo entre si. Toparam experimentar o swing? Vocês podem ir a uma casa especializada e lá ter noção de como rola o esquema. Por exemplo, um homem pode apenas observar a parceira fazendo sexo com outro, sem entrar na brincadeira. E vice-versa. Vale o que for combinado entre as partes. Apesar do ambiente liberal, existem regras claras e ninguém é obrigado a fazer nada se não quiser.

Os tipos

Existem dois tipos de swing. O Soft Swing é quanto não envolve penetração na prática. E não pense que por conta disso não seja quente, podem rolar muitas coisas, menos a penetração. Já o Full Swing é quando acontece de tudo, ou seja, não há limites para a diversão e tudo está liberado, sempre com o consentimento do outro.

Como funciona uma casa de swing

Pode parecer maluquice que vários casais se encontrem um lugar para transarem entre si, mas é isso mesmo que acontece. A casa de swing é um espaço em que apenas maiores de idade são permitidos e normalmente apenas casais ou mulheres solteiras – homens desacompanhados não costumam conseguir entrar. As regras do que rola lá dentro variam muito de casa para casa, mas sim, existem regras.

O tal do “ninguém é de ninguém” não cola nesses locais. Se estiver a fim de conhecer esse mundo, saiba que além das políticas de cada casa, como por exemplo não poder transar no meio da pista de dança, existem regras entre os próprios casais e tudo tem que ser feito com concedimento de TODAS as partes.

Leia também