Pornografia é um assunto que chama atenção de quase todo mundo, até mesmo de quem não gosta. Mas você já parou pra pensar em como deve ser os bastidores de um set de filmagem ou fotos?  Seja em filmes ou revistas, o pornô segue o mesmo padrão: a repetição de alguns atos e posições. O que difere um filme de outro é basicamente a cena de abertura.

Fundada em 1996, KesselsKramer é uma agência de comunicação independente que atua em Amsterdã, Londres e Los Angeles. Ela conta com a colaboração de 50 pessoas de 10 nacionalidades diferentes. Dentro da série de publicações chamada de Useful Photography, essa publicação foi dedicada à imagens de pornôs antes da pornografia em si. As fotos apresentam cenas, cenários, cabelos e maquiagem, tudo muito, muito falso.

“Filmes pornográficos martelam sobre o mesmo ponto – a repetição do mesmo ato, em todas as suas variações. O que os diferem são suas sequências de abertura, os cenários falsos, que são uma preparação para o evento principal. A última edição da Useful Photography celebra estas cenas, muitas vezes clichê, as vezes bizarra e criativas, mas sempre extremamente falsas. Fora de contexto, sem as cenas pornográficas que as seguem, eles contam uma história diferente. Uma história de atuação amadora que mostra o ‘talento’ dos atores que geralmente não conhecidos pelos seus dons dramáticos.”, diz o pessoal da Kessel Kremer.

Essa seleção em particular foi feita por Hans Aarsman, Claudie de Cleen, Julian Germain, Erik Kessels e Hans van der Meer.

pornografia1 pornografia2 pornografia3 pornografia4 pornografia5 pornografia6 pornografia7 pornografia8 pornografia9 pornografia10 pornografia11