Home Sexo Poliamor é sinônimo de liberdade e autonomia sexual

Poliamor é sinônimo de liberdade e autonomia sexual

Relacionamentos que envolvem mais de uma pessoa – sem culpa, sem ciúme e com total liberdade para expor isso para todos e em qualquer lugar – podem ser o desejo de muita gente. Como são muitas as variações, às vezes as pessoas confundem as coisas por não saberem “dar nome aos bois”. O poliamor tem sido muito mencionado, e pode ser que tenha chegado para tornar muita coisa possível. Ao pé da letra, a definição para esse novo formato de relação é: um relacionamento simultâneo entre três ou mais pessoas, com o consentimento de todos os envolvidos. O tema ainda vem chocando muita gente, mas a realidade é que essa tendência vem crescendo e ganhando cada vez mais adeptos. Veja também a diferencia com a poligamia.

poliamor-vicky-cristina-barcelona
Tendência e preconceito

Para a sexóloga e psicóloga especializada em sexualidade humana, Priscila Junqueira, o poliamor reforça a tese de que algumas pessoas possuem o desejo de variedade e capacidade de se envolver sexualmente e afetivamente com mais de um parceiro (a).

“O poliamor já existe desde a década de 30, porém ainda não era tratado de maneira tão aberta como hoje. O espaço e aceitação que o assunto vem ganhando proporcionam mais liberdade para que as pessoas assumam o poliamor de maneira mais autêntica. Acredito que esse modelo deve crescer ainda mais, já que possibilita que as pessoas reflitam sobre a sexualidade de maneira mais livre. Desta forma, a tendência é que aumente o número de adeptos. Afinal, muitas pessoas ainda não assumem pelo fato de terem medo de encarar algum tipo de preconceito”, afirma Junqueira.

Outras modalidades

Dentro deste universo, Priscila Junqueira explica que há algumas modalidades, como: Triângulo Aberto, Triângulo Fechado, Grupo de 4 (onde duas pessoas se relacionam entre si e os demais com apenas um parceiro) e também um grupo de 4 pessoas ou mais em que todos se relacionam entre si. “Geralmente, o poliamor é aceito por pessoas que têm autonomia e liberdade em relação à vida sexual e que acreditam que é possível amar mais de uma pessoa”, comenta.

Não confunda as coisas

Ainda de acordo com a especialista, é importante esclarecer que há outros tipos de relações que acabam sendo confundidas com o poliamor. A poligamia, por exemplo, que é o casamento com mais de uma pessoa do mesmo gênero e o relacionamento aberto, que consiste em manter relações sexuais com outras pessoas além do parceiro (a) fixo (a) com pouco ou nenhum vínculo afetivo. Neste caso, o interesse pode ser totalmente sexual, seguindo princípios opostos ao do poliamor.

Já dizia o poeta: “Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa”. E nenhuma é bagunça! Relacionamento aberto e poliamor são assuntos que estão em alta entre os jovens e é muito comum confundir os dois termos quando ainda é um assunto novo. Poligamia já é mais conhecido, um tanto polêmico também, mas que a maioria das pessoas não sabe bem como funciona dos dois lados.

Pedimos ajuda para a psicóloga e sexóloga Priscila Junqueira na definição dos termos, para deixar tudo mais claro, sem rodeios.

Se você ainda não está certo sobre os seus sentimentos ou está em um relacionamento sem entender muito bem o que está acontecendo, talvez essas novas “modalidades” de amor (se é que podemos dizer assim) sejam uma opção para clarear as coisas, tentar de outro jeito, até acertar.

Agora, se você está inventando história para enrolar sua namorada e convencê-la a fazer coisas a seu favor, esqueça – o que você deve estar querendo chama-se ménage, e aí é ooooutra coisa.relacionamento-aberto-os-tres-filme

Cena do filme “Os Três” (Brasil, 2011)

Relacionamento aberto

“As pessoas em questão estão namorando ou casadas e vão ter relações sexuais com outras pessoas, com o consentimento das parcerias. É para não existir amor pelo outro ou outra, apenas sexo“, enfatiza Priscila.

Poliamor

“Relacionamento afetivo e sexual, com o consentimento das parcerias. Existe uma igualdade de gênero, ou seja, homens e mulheres se relacionam com qualquer pessoa com qualquer orientação sexual. Desde 2012, temos no Brasil Uniões Estáveis realizados entre os Poliamoristas”, lembra a sexóloga.

Poligamia

“Casamento com mais de 1 pessoa. Temos a nomenclatura de Poliginia, que é um homem casado com várias mulheres, e a Poliandria que é uma mulher casada com vários homens. Temos uma restrição de gênero nesse contexto, ou seja, não podem casar com pessoas de diferentes orientações sexuais”, explica.

Gostou do post sobre poligamia? Deixe sua opinião nos comentários. Também aproveite pra dizer quem você quer ver aqui no Testosterona. Nos siga em nossas redes e fique de olho nos posts diários do blog. 

Veja Também: Atrizes Porno Negras | Melhores Sites Porno | Acompanhantes

COMENTE JÁ

Mais posts pra você