Convenhamos, a quarentena se tornou parte essencial de nossas vidas nos últimos dias. É quarentena para lá, quarentena para cá. O Sexlog promove reestruturar nossas relações humanas, por isso com seus mais de 11 milhões de pessoas cadastradas, incentiva que cada um permaneça em casa.

Para isso, a rede social lançou um e-book com dicas essenciais para você manter o seu tesão ativo sem correr grandes riscos. A empresa ressalta que seu conteúdo é tão imenso que alcançam mais de quatro terabytes. Pelo que podemos perceber, o conteúdo garantiria fácil 11 anos sem se preocupar com o isolamento.

As fotos que são postados diariamentes beiram mais de 6800. Enquanto os vídeos são mais de 388 por dia. Se você somar todos eles juntam temos 104 mil horas de visualização, ou 4 mil dias. É tanto conteúdo que você vai se perder de tanta coisa boa.

Entretanto, não vai rolar beijo, nem abraço, nem swing e suruba por tempo indeterminado. Embora, o Sexlog ressalta que nude, sexting, livecam, punheta e sirica estão liberados. Então, limpe sua são com álcool em gel e se divirta. 

Sexlog

As notícias boas não param, segundo um estudo da Clínica Universitária de Essen, orgasmos aumentam a nossa imunidade. Calma, não é uma cura para o Coronavírus, mas uma ajuda para fortalecer nossa imunidade contra possíveis gripes e resfriados, além de aliviar a ansiedade e o stress. 

A gente pode respeitar esse momento pelo bem de todos e aproveitar para se curtir. Dá pra continuar assistindo livecam, se exibindo ao vivo online, trocando mensagens quentes, tudo em segurança, além de esquentar as coisas para quando tudo voltar ao normal, pegar fogo de vez” ressalta Mayumi Sato, diretora de marketing do Sexlog ainda atribuindo uma pausa para festinhas.

Baixe agora o e-book ao clicar nesse nesse link

Acesse o Sexlog