Home Sexo Sexo anal – do desejo ao fetiche

Sexo anal – do desejo ao fetiche

Não é bolinho de chuva não, meu coração. É cheiro de rosca no forno, toda besuntada e pronta pro consumo. Deu até fome, né? Por que quem não quer comer uma rosca brilhando e piscando de amor, hein?? E não é apenas desejo. Vou falar do fetiche por sexo anal!! Repare bem na diferença.

Sexo anal

Desejo ou fetiche??

A diferença? Rááá! É tipo um podólatra que tem fetiche por pés. Muita gente acha pé bonito, mas só o podólatra é taradaço nisso. Assim como tem pessoas que até curtem sexo anal, e outras têm fixação por cu mais do que por qualquer outra coisa. Isso é um fetiche. Parafilia. Uma tara das fortona, mesmo. Porque desejo dá e passa. Fetiche persiste.

A história do cu

Poderia ser a “História do Olho” de Bataille, que falou de cu também em 1928. O sexo anal é tão antigo quanto a história da humanidade (a.C). Egito, Grécia, Roma Antiga e etc. Tanto faz. Cu era além de tudo uma prática contraceptiva, até ser proibido pelo cristianismo na Idade Média e virar crime em 1533. E aí tomâmo tudo no cu!

 A arte da sodomia

Ééé! Cês tão ligado na Bíblia que o Senhorzão Deus destruiu as cidades de Sodoma e Gomorra por causa de uns cu, né? Desde então esse é o termo. Comer um cu à moda antiga, etimologicamente, significa sodomizar. Esfolar as prega com gosto!

sexo anal

O poder da chuca

Aí você pensa: aaa vamo dá o cu então. Mas atenção! Higiene é fundamental. Pegue uma ducha e toooche água fresca e faça a limpeza, a vulgo chuca. Porque na hora de dar o rabo vai tá limpinho e sem neura. Mas se caso der merda, naturalize. É normal escorrer um pouquinho às vezes. Eu disse um POUQUINHO e ÀS VEZES, tá? Se não é fetiche de scat.

sexo anal

O poder do cuspe

Aquela cuspidinha pra deslizar facinho é imprescindível. Assim como um bom lubrificante que dilate e deixe do jeito que o diabo gosta na hora do sexo. Porque de pouquinho em pouquinho a rosca molhada fica prontinha pra comer. Tipo donuts.

sexo anal

A dilatação

Catucando de boa, sem pressa ou estresse, o cu fica suave. E a prática leva a perfeição. Vai tá tudo okay quando o cuzinho aprender a virar cuzão. Um toy ou plug ajuda. Vai dar GAPE, sabe? Que é tipo a habilidade do asterisco virar um O. E é isso.  

Gostou do post sobre sexo anal? Então deixe sua opinião nos comentários

COMENTE JÁ

Mais posts pra você