Home Sexo Sexo Oral: descubra tudo sobre este prazer

Sexo Oral: descubra tudo sobre este prazer

Um estudo do Mosaico 2.0, do Programa de Estudos em Sexualidade da USP, revelou que mais da metade dos brasileiros diz fazer sexo oral. Apesar de popular, ainda tem muita gente que não consegue curtir esse prazer, seja por preconceito em relação ao corpo, falta de habilidade ou por medo de contrair doenças.

Segundo o levantamento, no Brasil, 82,4% dos homens dizem praticar o ato contra 77,6% das mulheres. Se por um lado os números são próximos, por outro o prazer alcançado ainda é desigual: enquanto 52% deles garantiram que a técnica é muito prazerosa, apenas 28% delas tiveram a mesma percepção.

Uma coisa é certa, o sexo oral ainda é assunto de muitas rodas de conversa e um certo mistério envolve a prática. Abaixo listamos algumas curiosidades e dicas para fazer desse momento o mais prazeroso possível, independentemente do parceiro, seja ele namorada ou namorado, marido ou esposa, ficante ou ainda uma acompanhante.

O ORAL E AS MAIS EXPERIENTES

Uma publicação do Canadian Journal of Human Sexualiy constatou que apenas 28% das mulheres entrevistadas entre 18 e 24 anos reconheceram gostar de praticar e receber estímulos por via oral. Por outro lado, 80% das que possuíam em torno de 40 anos sinalizavam desejar o ato. Para muitos especialistas, à medida que as mulheres ficam mais velhas e passam a conhecer melhor o seu corpo, elas passam a lidar melhor com as possibilidades de prazer erótico.

A MAIORIA DOS HOMENS TEM NOJO:

Uma pesquisa realizada pela empresa Sex Wipes com 1.252 homens heterossexuais americanos, entre 18 e 30 anos, mostrou que quase metade deles (43%) não faz sexo oral na companheira com frequência. Para 35%, a razão é o nojo. Outro estudo sobre o tema, realizado em Portugal com 1.500 homens e mulheres pela sexóloga Aline Castelo Branco, mostrou uma rejeição ainda maior dos portugueses: 80% disseram sentir nojo.

No Brasil, 72% dos homens brasileiros até gosta da ideia da simultaneidade, o famoso “69”, mas nem todos se sentem confortáveis para a prática, por isso um pouco mais da metade o faz com frequência, apenas 38%. A pesquisa revelou que a maioria dos heteros que não gostam ou não sentem prazer com a prática consideram o cheiro das mulheres ruim e têm medo de doenças.

PROTEÇÃO SEMPRE

Um dado chamou a atenção na pesquisa com os brasileiros, 90% dos jovens de 15 a 29 anos não usam camisinha durante o sexo oral. E através da prática também se pode contrair doenças, como clamídia, sífilis, herpes, gonorreia, HPV e Hepatite.

Para parceiros fixos, é importante um exame médico periódico para se excluir qualquer dúvida. Para quem tem parceiros eventuais, encontros esporádicos ou ainda costuma contratar o serviço de uma garota de programa, o ideal é usar camisinha sempre. Ao contrário dos que muitos acreditam, é possível e também prazeroso praticar o sexo oral com camisinha.

SEXO ORAL NELA

Antes de chegar noclitóris, explore o corpo dela, encontre ponto erógenos que a ajudem a relaxar e entrar no clima antes de ir direto ao ponto. A língua é sua principal ferramenta, mas muitas mulheres gostam de se tocar ou ser masturbada enquanto recebem o sexo oral. Lembre-se: ela que dita o ritmo, diz o que gosta, o que não gosta, escolhe se prefere deitada de costas, de bruços ou em pé.

Se encontrar o ponto perfeito de prazer para ela, não saia dali. Ela vai indicar com linguagem corporal ou mesmo falar quando você achar a mina de ouro. O gozo com sexo oral para as mulheres é um dos mais prazerosos.

SEXO ORAL NELE

Para o homem também vale provocá-lo antes.  Passeio com sua boca pelo corpo dele de cima a baixo. Usando também as mãos, acaricie e beije pernas, virilhas e não esqueça dos testículos. Deixe a glande por último, pois é a parte mais sensível do pênis e assim vai deixá-lo ainda mais excitado para quando você realmente começar a chupá-lo.

Masturbe o pênis enquanto você move a língua ao redor, depois alterne com chupadas na glande, subindo a descendo, colocando-o em toda sua boca – isso vai fazer com que ele vá à loucura. Sem pressa, depois de um tempo explorando, é hora de ele gozar. Agora você decide se é na sua boca, em alguma parte do seu corpo ou do corpo dele.

COMENTE JÁ

Mais posts pra você