Will Smith e Jada Pinkett Smith são casados ​​desde 1997. São 22 anos! Como um casal deve manter as coisas frescas depois de tanto tempo? Jada, que recentemente abriu falou sobre seu casamento com Will em entrevista ao The Sun, atribui uma vida sexual saudável à longevidade de seu relacionamento – e defende a introdução de sex toys no quarto.

“As pessoas ficam chocadas com o meu amor por sex toys”, disse ela, acrescentando: “Eu sei muito bem que não sou a única que os usa… Ninguém tem que sentir vergonha disso, mas ainda estou surpresa como as pessoas se relacionam com o sexo, especialmente a sexualidade feminina – ainda é um tabu como esse”.

Tabus se estendem além do sexo, até os relacionamentos em geral: a esposa de Will Smith falou com grande franqueza sobre seu casamento antes, como ela quer quebrar os estigmas em torno dos relacionamentos que impedem as pessoas de se comunicarem honestamente.

Veja também:
35% dos brasileiros já fingiram um orgasmo

“Will e eu realmente queríamos dissolver os mitos que cercam as parcerias que estão à vista do público, como se fossem fáceis”, disse ela. “Essas parcerias estão passando pelo tipo exato de dificuldades que todos os outros estão passando. Recebemos muitas respostas positivas de pessoas em nossa indústria … Acho que isso deu às pessoas a oportunidade de se sentarem com o parceiro.”

Jada não é a única celebridade sendo honesta sobre o valor dos sex toys em uma vida sexual saudável. No início deste ano, a cantora pop Lily Allen anunciou que lançaria sua própria linha de brinquedos sexuais, dizendo: “Orgasmos são importantes, senhoras, e eu sinto que o mercado de sex toys de celebridades não foi capitalizado”.

Embora os sex toys tenham sido predominantemente vistos como produtos feitos e comercializados para mulheres, o uso de brinquedos entre os homens está em alta: pesquisas realizadas em 2018 por Lovehoney revelaram que até 64% dos homens possuem um vibrador.