Quando você ouve a palavra millennial, ou seja, os homens da nova geração pode imaginar um jovem pronto para se tornar youtuber e encher o feed do Instagram com fotos na balada com os amigos, além de depender dos pais pra fazer praticamente tudo.

Mas acontece que os jovens de hoje podem ser tudo menos isso.

Um estudo recente pediu para 630 canadenses, com idades entre 15 e 29 anos, para identificar quais os valores que eles achavam que todos os homens deveriam ter. Os principais entre eles eram a altruísmo, a consciência social e a mente aberta – uma mudança em relação aos valores masculinos tradicionais dos homens mais velhos.

O que significa ser um homem hoje

Os participantes do estudo achavam que ajudar os outros é um elemento-chave da masculinidade, com 91% deles dizendo que é importante dar uma mãozinha sempre que possível. Além disso, 80% acreditam que os caras devem participar de projetos voluntários; como um participante adolescente explicou: “Um homem de verdade é gentil e generoso com todos”.

O estudo foi conduzido através de entrevistas com pequenos grupos de homens, e as conversas mostraram como as gerações mais jovens sentem que têm mais liberdade para serem sensíveis.

“Eu acho que hoje em dia, sendo um homem, você pode ser mais emocional“, explicou um participante de 22 anos. “Quando crescemos, caras que choravam ou meninos eram ridicularizados. Mas agora há mais reconhecimento de que ter emoção não é tão ruim… e as pessoas que estão em contato com suas emoções normalmente tomam decisões melhores”.

 

O outro lado dos homens da nova geração

Mas isso não significa que os caras não valorizem os atributos masculinos mais tradicionais: 75% disseram que os homens precisam ser fisicamente fortes. Mas veja só, isso foi mais baixo do que a capacidade intelectual, que 87% dos caras classificam como uma característica inestimável para todos os homens.



Compartilhe
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter