Na falta das grid girls, uma acompanhante de luxo pode ser uma ótima escolha.

Grid Girls

Um dos eventos mais aguardados do ano está chegando e você já pode aquecer os motores, porque essa edição da Fórmula 1 tende a lotar o autódromo de Interlagos.

Há 45 anos o Brasil recebe uma das etapas do Mundial e, mesmo sem nenhum piloto brasileiro na disputa desse ano, o público se une para acompanhar esse que é um evento internacionalmente reconhecido.

Faltam somente cinco dias para a corrida principal, mas já dá pra se aquecer com os treinos livres que tem início nessa sexta-feira, dia 09 de novembro.

No dia seguinte acontece os treinos classificatórios, para, no domingo, ter finalmente a corrida oficial.

Essa que é a penúltima corrida do ano e mesmo depois do embaraçoso pódio (torta de climão) de Lewis Hamilton durante do GP da Rússia, ele dispara com 50 pontos à frente de Vettel, seu principal concorrente nesse campeonato, e já é o primeiro colocado da competição.

Apesar de Hamilton, pela Mercedes, estar com seus 358 pontos e o primeiro lugar, as outras posições ainda estão em aberto e os corredores tem muitos kms pela frente. As equipes favoritas para o pódio do campeonato são a Ferrati com Vettel e Red Bull com o Ricciardo.

Mas não é só de vitórias que vive a Fórmula 1.

Nos últimos dois anos, uma série de mudanças foram feitas na competição depois da aquisição pelo grupo Liberty Media, incluindo talvez a mudança que tenha mais dado assunto nos últimos tempos.

Fórmula 1 sem Grid Girls

Sim, se você ainda não estava sabendo que em todos os GPs de 2018 a presença das belas embaixadoras das marcas, aquelas gatas que ficavam ao lado dos carros tirando fotos, segurando a bandeira e deixando o ambiente ali ainda mais bonito, já não era mais possível, saiba que é verdade mesmo.

Para o grupo, a presença das grid girls já não se fazia necessário, visto que não fazia parte dos valores da marca e não estavam mais de acordo com as normas sociais modernas.

Uma pena, até porque elas eram responsáveis por deixar tudo mais bonito por lá, mas nada que não tenha solução, afinal, se você quer mesmo é assistir a Fórmula 1 e ainda ter uma gata ao lado, é sua chance de ter a companhia de uma acompanhante de luxo torcendo ao seu lado.

Tipo a Barbara Ferrari, por exemplo, até porque se na Fórmula 1 vai dar Mercedes, a gente torce mesmo é pela Ferrari.



Leia também